Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Após vitória, São Paulo diz ter tirado ‘peso das costas’

Por Da Redação 13 nov 2011, 06h30

Por AE

São Paulo – O sentimento dos jogadores do São Paulo depois do fim do jejum de vitórias que já durava nove rodadas no Brasileirão foi de alívio. Na noite de sábado, no Morumbi, o time voltou a fazer um primeiro tempo muito ruim, mas cresceu na segunda etapa, quando marcou dois gols com Luis Fabiano, para vencer o Avaí por 2 a 0.

“Tiramos o peso das costas. É sempre bom vencer e fazia tempo que a gente não ia para casa sem o peso nas costas, sem ter a consciência pesada”, comentou o meia-atacante Lucas.

Luis Fabiano, herói do jogo, foi realista e lembrou que a equipe continua sem convencer. “Jogamos um pouquinho melhor. Tem que melhorar muito ainda. Temos que ser realistas”, comentou o atacante, que também negou que os dois gols sirvam de motivação para ele. “A vitória é importante, os dois gols são importantes, mas meu trabalho segue o mesmo, minha dedicação segue a mesma. Nos últimos jogos, não tive grandes oportunidades, hoje (sábado) tive e fiz dois. Sigo com a mesmo trabalho.”

No intervalo, quando perguntado sobre o que faltava ao São Paulo, Luis Fabiano disse “Tudo”, antes de descer para o vestiário. No fim do jogo, ele explicou sua “indignação”. “Um time como o São Paulo não pode sair do primeiro tempo sem criar perigo, sem fazer o goleiro do outro time trabalhar. É essa a minha indignação, tem que melhorar para ainda sonhar com a Libertadores”, afirmou o atacante.

Com 53 pontos, o São Paulo fica a dois da zona de classificação à Copa Libertadores e tem que torcer contraBotafogo, Flamengo e Internacional neste domingo, para ficar mais próximo da vaga. “São grandes a chances de classificar”, opinou Lucas. Luis Fabiano até fez as contas: “É só vencer quatro jogos que a chance segue intacta”.

“Se a gente jogasse desse jeito desde o começo do campeonato, a gente estava brigando pelo título”, completou o zagueiro Rhodolfo.

Continua após a publicidade
Publicidade