Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após vitória, Nadal afirma que ainda sente dores no joelho esquerdo

As dores no joelho atrapalharam Rafael Nadal nos últimos meses. O tenista abandonou a disputa do Masters 1000 de Miami por causa de uma tendinite no joelho esquerdo, mas, na sequência, ganhou o octacampeonato em Monte Carlo. Agora, após vencer Guillermo García-López na estreia do ATP 500 de Barcelona, o espanhol reconhece que ainda sente dores.

‘O joelho me incomodou um pouco, mas é normal. A dor não vai embora em 15 dias, entretanto, enquanto não me limitar e me permitir jogar, não há problema’ explicou Nadal, que analisou seu desempenho diante de García-López.

‘Cometi poucos erros e tive uma variedade de jogo que me ajudou muito. García-López é um tenista que respeito muito, pois ganhou de mim em Bangkok, em 2010, e triunfou diante de Andy Murray em Indian Wells’, completou.

Em busca do heptacampeonato da competição catalã, Nadal encara seu compatriota Pablo Andújar ou o colombiano Robert Farah nas oitavas-de-final. Para o segundo colocado do Ranking da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), o espanhol é favorito para este embate.

‘Andújar joga com muita intensidade, tem bons golpes de fundo de quadra e me causou muitos problemas em Roland Garros no último ano’, afirmou.

Por último, o hexacampeão do Grand Slam francês comentou sobre um possível confronto com David Ferrer, que também venceu o sérvio Filip Krajinovic nesta quarta-feira. Em 2008, 2009 e 2011, Nadal venceu o compatriota na final do ATP 500 de Barcelona.

‘Tirando o revés em Monte Carlo (Ferrer perdeu na primeira rodada para Thomaz Bellucci), David está em um ano impressionante e não precisa provar nada a ninguém’, encerrou.