Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após vitória em ‘carpete’, Muricy enaltece amadurecimento do time

Satisfeito com a exibição do Santos na virada sobre o Juan Aurich, no Peru, Muricy Ramalho enalteceu a postura do Peixe dentro de um criticado campo sintético, em sua segunda vitória consecutiva na primeira fase da Copa Libertadores da América.

‘Acho que o Santos fez um grande jogo. Soubemos nos impor diante de um adversário perigoso. O nosso time está amadurecendo e fazendo boas partidas. Estamos aprendendo a jogar a Libertadores’, disse Muricy, em entrevista coletiva após o jogo em Chiclayo.

Segundo o treinador, os seus comandados tiveram muita dificuldade para jogar nos primeiros 20 minutos, por conta da adaptação ao gramado sintético do Elías Aguirre, bastante contestado pelo time alvinegro antes do duelo.’Tinham dito que aqui era grama sintética, mas isso é carpete. Nossos atletas não estão acostumados a esse tipo de campo, tanto que tivemos que comprar tênis apropriados para os jogadores ontem (quarta) a tarde. Sofremos no começo, pois precisávamos de tempo para nos adaptarmos aos gramado, e o Juan Aurich nos pressionou. Mas soubemos contornar todos os problemas. Ganhamos porque respeitamos muito o nosso adversário’, concluiu.

Com a vitória sobre os peruanos, o Santos pulou para a segunda posição no grupo 1 da Copa Libertadores, com seis pontos ganhos e três gols de saldo positivo. O Internacional-RS lidera a chave porque também têm seis pontos, mas com um saldo positivo de cinco gols. The Strongest (Bolívia), outro com seis pontos conquistados, está em terceiro, com saldo de -3. O Juan Aurich é o lanterna, sem ter somado nenhum ponto em três rodadas.