Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após vencer fora de casa, Barça recebe Bayer para consolidar vaga

Multicampeão sob o comando de Pep Guardiola, o Barcelona demonstrou força ao derrotar o Bayer Leverkusen por 3 a 1 na partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa, na Alemanha. Com este resultado, o time catalão chega tranquilo para o duelo desta quarta-feira, às 16h45 (de Brasília), no Camp Nou. Para se classificar, a equipe poderá até mesmo perder por 2 a 0, já que um dos critérios de desempate é o número de gols marcados como visitante.

Com uma situação difícil de ser revertida no Campeonato Espanhol, no qual está a dois pontos do líder e rival Real Madrid, o Barcelona vai voltar suas forças para a conquista do bicampeonato consecutivo da Liga dos Campeões. Para garantir presença nas quartas de final do torneio, o time de Pep Guardiola só terá uma baixa entre os titulares: o atacante Alexis Sánchez, autor de dois gols na partida de ida, foi vetado por conta de uma lesão muscular.

O retrospecto das duas equipes mostra que o Barcelona pode ficar ainda mais animado para a partida desta quarta-feira. Nas 33 vezes em que venceu o primeiro duelo de um mata-mata em competições europeias, o time catalão conseguiu a classificação. Já o Bayer Leverkusen foi eliminado nas sete ocasiões em que perdeu a primeira eliminatória dentro de casa.

‘Presume-se que vamos ganhar facilmente, mas isso não nos afeta, ainda mais em uma competição europeia. O Bayer tem um grande goleiro e sabe marcar bem individualmente. As partidas contra times alemães são sempre muito difíceis’, ponderou Guardiola.Para tentar reverter a vantagem do adversário, o Bayer Leverkusen vem motivado pela vitória por 1 a 0 sobre o tradicional Bayern de Munique, no último fim de semana, pelo Campeonato Alemão. Precisando marcar ao menos três gols para ter alguma chance de se classificar, a equipe do brasileiro Renato Augusto terá o retorno do atacante Derdiyok, que não atuou na partida de Leverkusen.

‘Nossa intenção é de fazer uma grande partida e, se depois alcançarmos o nosso sonho (classificação), melhor. Aprendemos que não podemos perder bolas no meio da área e temos que sair rápido da defesa. Desde que Guardiola assumiu o Barcelona, conseguir uma virada ficou extremamente difícil, mas não temos que pensar em teorias, e sim tentar realizar dentro de campo’, declarou o técnico Robin Dutt, que admitiu que uma eliminação diante do Barcelona não teria uma repercussão negativa na Alemanha.

FICHA TÉCNICA

BARCELONA X BAYER LEVERKUSEN

Local: Estádio Camp Nou, em Barcelona (Espanha)

Data: 7 de março de 2012, quarta-feira

Horário: 16h45 (de Brasília)

Árbitro: Svein Oddvar Moen (Noruega)

Assistentes: Kim Thomas Haglund e Frank Andås (ambos da Noruega)

Assistentes adicionais: Tom Harald Hagen e Ken Henry Johnsen (ambos da Noruega)

BARCELONA: Valdés; Daniel Alves, Piqué (Mascherano), Puyol e Adriano; Busquets, Xavi e Iniesta; Pedro (Cuenca), Messi e Fábregas

Técnico: Pep Guardiola

BAYER LEVERKUSEN: Leno; Castro, Schwaab, Toprak e Kadlec; Reinartz, Bender, Renato Augusto e Schurrle; Derdiyok e Kiessling

Técnico: Robin Dutt