Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Após três jogos sem vitória, técnico Márcio Goiano deixa o Criciúma

Por Da Redação 14 fev 2012, 12h24

O técnico Márcio Goiano não resistiu à campanha pífia do Criciúma no Campeonato Catarinense. A decisão de demiti-lo aconteceu na manhã desta terça-feira, em reunião entre diretores do clube e o treinador.

‘Estávamos fazendo uma avaliação do momento do Criciúma e no meio da conversa chegamos ao consenso de que, para o bem do Criciúma, é a hora do Marcio deixar o clube’, explicou o diretor de futebol do clube, Rubens Angelotti.

Marcio Goiano chegou ao Heriberto Hulse em setembro de 2011, quando o time já possuía poucas chances de alcançar o acesso à elite do futebol nacional. Com a esperança de uma boa campanha no Estadual, ele continuou à frente da equipe, entretanto sem contar com muitos reforços para a equipe.

Assim como o treinador, o auxiliar técnico Benevan dos Santos e o preparador físico Leandro Neto também deixam o clube. Silvio Criciúma, auxiliar técnico ligado à diretoria, será o comandante interino da equipe durante os próximos treinamentos e no jogo contra o Metropolitano, que acontece no próximo dia 22.

O Criciúma é o sexto colocado do primeiro turno do Campeonato Catarinense, com oito pontos, metade da pontuação da líder Chapecoense. O time enfrenta um jejum de três partidas, com dois empates e uma derrota.

Continua após a publicidade

Publicidade