Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Após treinos, FIA admite antecipar largada da F1 por tufão

Mercedes dominou as primeiras atividades e Hamilton fechou o dia com melhor tempo. Massa foi apenas o 14º, onze posições atrás de seu companheiro Bottas

Por Da Redação 3 out 2014, 10h02

Preocupada com o tufão Phanfone, que tem chances de passar por Suzuka no próximo domingo, a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) confirmou nesta sexta-feira a possibilidade de antecipar a largada do Grande Prêmio do Japão para evitar maiores problemas. A principal preocupação é de que o tufão possa impedir a realização da corrida ou deixar o local sem iluminação natural adequada. A organização da corrida, porém, descartou a hipótese de realizar a prova no sábado.

Leia também:

F1: McLaren de Ayrton Senna estará na pista de Suzuka

FIA monitora avanço de tufão que ameaça o GP do Japão

F1: piloto de 16 anos é liberado para treinos em Suzuka

Dirigentes querem que pilotar carro de F1 fique mais difícil

F1: Felipe Massa já pensa em aposentadoria na Williams

Atualmente, ainda sem alterações, a largada está prevista para ser realizada às 15 horas do horário local (3 horas da madrugada de sábado para domingo no horário de Brasília). Caso seja interrompida, a corrida só computará o número normal de pontos se 75% das voltas forem percorridas. Uma pontuação pela metade será dada caso sejam realizadas mais de duas voltas.

Contrariando as previsões, os treinos desta sexta-feira foram realizados sem chuvas e foram facilmente dominados pela Mercedes, que garantiu uma dobradinha nas duas atividades. Depois de Nico Rosberg ser o mais veloz do primeiro treino livre, Lewis Hamilton deu o troco em seu concorrente direto pelo título e companheiro de Mercedes. O inglês fechou o primeiro dia de trabalhos em Suzuka na liderança, com o tempo de 1min35s078. Rosberg veio na sequência, com1min35s318, e Valtteri Bottas, da Williams, foi o terceiro com 1min36s279.

Parceiro de Bottas na Williams, o brasileiro Felipe Massa teve uma manhã ruim. Ele foi apenas o 14º colocado do segundo treino, depois de ter ficado em 11º lugar na primeira parte do dia. O GP do Japão contará com mais um treino livre, marcado para começar às 23 horas (de Brasília) desta sexta-feira, enquanto a sessão classificatória para o grid será iniciada às 2 horas deste sábado. Para estas atividades, a probabilidade de chover é bem grande.

Resultado do segundo treino livre para o GP do Japão:

1: Lewis Hamilton (ING/Mercedes) – 1min35s078

2: Nico Rosberg (ALE/Mercedes) – 1min35s318

3: Valtteri Bottas (FIN/Williams) – 1min36s279

4: Jenson Button (ING/McLaren) – 1min36s409

5: Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) – 1min36s436

6: Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) – 1min36s529

Continua após a publicidade

7: Fernando Alonso (ESP/Ferrari) – 1min36s637

8: Kevin Magnussen (DIN/McLaren) – 1min36s714

9: Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso) – 1min36s943

10: Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull) – 1min37s186

11: Jean-Éric Vergne (FRA/Toro Rosso) – 1min37s219

12: Nico Hulkenberg (ALE/Force India) – 1min37s504

13: Romain Grosjean (FRA/Lotus) – 1min37s563

14: Felipe Massa (BRA/Williams) – 1min37s700

15: Sergio Perez (MEX/Force India) – 1min37s786

16: Pastor Maldonado (VEN/Lotus) – 1min37s798

17: Adrian Sutil (ALE/Sauber) – 1min38s010

18: Esteban Gutierrez (MEX/Sauber) – 1min38s365

19: Marcus Ericsson (SUE/Caterham) – 1min39s069

20: Jules Bianchi (FRA/Marussia) – 1min39s306

21: Max Chilton (ING/Marussia) – 1min39s333

22: Kamui Kobayashi (JAP/Caterham) – 1min42s760

Próximas provas
Data Local Autódromo
05/10 Japão Suzuka
12/10 Rússia Sochi
02/11 Estados Unidos Austin
09/11 Brasil Interlagos
23/11 Abu Dhabi Yas Marina
As equipes e pilotos
Equipe Pilotos
Red Bull Sebastian Vettel (Alemanha) Daniel Ricciardo (Austrália)
Ferrari Fernando Alonso (Espanha) Kimi Raikkonen (Finlândia)
McLaren Jenson Button (Grã-Bretanha) Kevin Magnussen (Dinamarca)
Lotus Pastor Maldonado (Venezuela) Romain Grosjean (França)
Mercedes Nico Rosberg (Alemanha) Lewis Hamilton (Grã-Bretanha)
Sauber Esteban Gutiérrez (México) Adrian Sutil (Alemanha)
Force India Nico Hulkenberg (Alemanha) Sérgio Pérez (México)
Williams Felipe Massa (Brasil) Valtteri Bottas (Finlândia)
Toro Rosso Daniil Kvyat (Rússia) Jean-Eric Vergne (França)
Caterham Andre Lotterer (Alemanha) Marcus Ericsson (Suécia)
Marussia Jules Bianchi (França) Max Chilton (Grâ-Bretanha)

(Com Gazeta Press e Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade