Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Após susto com Neymar, Santos joga para liderar o grupo

Por Da Redação 22 mar 2012, 08h00

“Vamos ter que jogar com inteligência, atacando na hora certa e sabendo que vamos sofrer contra-ataques”, disse Muricy

Com o empate entre Inter e The Strongest, na noite de quarta-feira, em La Paz, na Bolívia, o Santos pode assumir nesta quinta a liderança isolada do Grupo 1 da Libertadores. Para isso, basta uma simples vitória sobre o lanterna Juan Aurich, a partir das 22 horas, no Pacaembu, em São Paulo. O jogo desta quinta-feira será o primeiro do Santos em 2012 no palco da conquista de seu terceiro título da Libertadores – no ano passado, ganhou a final contra o Peñarol no Pacaembu. E uma vitória levará o time aos nove pontos no Grupo 1, deixando Inter e The Strongest com sete.

Na semana passada, o Santos venceu o mesmo adversário no Peru, por 3 a 1, e deixou o Juan Aurich ainda sem pontuar na Libertadores. Apesar disso, o técnico Muricy Ramalho pede atenção ao time no Pacaembu. “A gente não se engana. O adversário vem para dificultar e vamos ter que jogar com inteligência, atacando na hora certa e sabendo que vamos sofrer contra-ataques”, afirmou o técnico. Em relação ao time que perdeu do São Paulo no clássico de domingo passado, no Morumbi, pelo Paulistão, o Santos terá o retorno do lateral-esquerdo Juan no lugar de Paulo Henrique.

Para completar, o volante Henrique recuperou-se de luxação no dedão do pé esquerdo e entrará no lugar de Adriano. No treino recreativo de quarta-feira à tarde, o atacante Neymar ficou com pé esquerdo preso na grama, caiu no campo gritando de dor e teve de ser atendido pelos médicos. Mas foi só um susto: como não ficou constatada nenhuma lesão, ele está confirmado no time que enfrenta o Juan Aurich na noite desta quinta. Melhor jogador santista na campanha vitoriosa na Libertadores de 2011, Neymar começou a temporada avisando que sonhava com o bi do torneio.

(Com Agência Estado)

Continua após a publicidade

Publicidade