Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após pior primeiro tempo, São Paulo cita choque de 220v no intervalo

Após ir para o intervalo perdendo para o Ituano por 2 a 0, sofrendo até gol contra de Rhodolfo, os jogadores do São Paulo chegaram aos vestiários do estádio Novelli Junior calados, esperando uma bronca de Emerson Leão. A conversa mais dura, contudo, não ocorreu. Mesmo assim, o ‘choque’ foi suficiente para a virada por 4 a 2.

‘Voltamosem 220v’, contou Rhodolfo, rindo, após sua própria superação com dois gols a favor. ‘Foi o pior primeiro tempo desde quando cheguei ao São Paulo, há mais de um ano. Nada dava certo. Não conseguíamos sair jogando nem finalizar. E em duas chances, eles fizeram os gols em dois vacilos que não podemos deixar acontecer. Mas conseguimos superar. Mostramos que nosso time é muito forte.’

A reação do técnico surpreendeu. ‘Por incrível que pareça, não teve dura. Ele chamou atenção para nossas falhas e nos incentivou, apoiou, disse que acreditava em nós e que era possível. E tivemos mais chances no primeiro tempo. Só eu perdi dois gols. O professor ressaltou este ponto positivo’, contou Lucas.

Leão conta que o papo sem repreender, como todos esperavam, foi uma estratégia para fazer a equipe mudar. ‘Não dei uma dura, foi um alerta. Eles chegaram muito silenciosos ao vestiário, então tentamos um efeito positivo. Quando os jogadores chegam esperando uma dura e você dá apoio, você ganha o atleta. Foi o que fizemos no intervalo’, relembrou.

Taticamente, o treinador, que já havia sacado Bruno Cortez (por lesão), Rodrigo Caio, Casemiro e Jadson (estes três por opção técnica) da equipe antes da partida, reajustou o meio-campo com a entrada de Jadson no lugar do volante Fabrício. Mas enaltece principalmente a nova postura do Tricolor.

‘Foi um primeiro tempo ruim, mas possível de acontecer. Felizmente aconteceu em um tempo só. Disse a eles que tínhamos dois fatores positivos para o segundo tempo: queríamos mostrar que não seria um 1de abril e havia o vento a favor. Os jogadores entenderam, se encheram de brio e atuaram como o torcedor gosta’, elogiou o chefe.

Dinâmica diferente que fez o capitão Rhodolfo, diferentemente do que ocorreu no fim do primeiro tempo, deixar Itu sorrindo. ‘O professor deu moral para o grupo, falou que tínhamos condições, que nosso time é muito melhor. E mexeu bem, na hora certa, quem entrou foi muito bem. Estão todos de parabéns pela vitória’, comemorou o jogador.