Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Após perder ‘nos detalhes’, técnico do Azulão cobra vitória em casa

Por Da Redação - 23 maio 2012, 17h12

Passadas duas rodadas da Série B do Campeonato Brasileiro, o São Caetano segue sem pontuar na competição. A situação já deixa todos no clube em alerta, principalmente o técnico Márcio Araújo, que não quer ver o drama de 2011 se repetir nesta temporada.

Depois de passar o campeonato passado praticamente inteiro lutando contra o rebaixamento, o Azulão espera agora fazer uma campanha convincente. No entanto, em duas partidas, duas derrotas: 1 a 0 para o ASA-AL em casa e 1 a 0 para o Avaí em Santa Catarina.

O revés desta terça-feira irritou Márcio Araújo, muito pela maneira que foi. O São Caetano portava-se bem em campo até os 24 minutos do segundo tempo, quando Wagner cometeu um pênalti infantil em Capixaba.

‘Tínhamos consciência que seria um confronto muito difícil, o jogo foi equilibrado e decidido em uma cobrança de pênalti. Agora, precisamos fazer o nosso dever de casa e buscar a reabilitação já na próxima partida’, cobrou o treinador.

Publicidade

O São Caetano volta a campo apenas na próxima terça-feira, para encarar o Bragantino, às 19h30 (de Brasília) no Anacleto Campanella.

Publicidade