Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Após o tetra, Despres desabafa: ‘Foi o Dacar mais duro que vivi’

Por Da Redação 15 jan 2012, 14h51

Lima, 15 jan (EFE).- O piloto francês Cyril Despres, da equipe KTM, que neste domingo venceu o Rali Dacar pela quarta vez entre as motos, comemorou bastante a conquista e destacou a dificuldade da edição de 2012 do evento.

‘Claramente foi o Dacar mais duro que vivi. Foi duríssimo fisicamente, mas sobretudo mentalmente’, declarou Despres ao site oficial do Dacar.

O francês de 37 anos, que encerrou a competição com mais de 50 minutos de vantagem para o segundo colocado, o espanhol Marc Coma, disse que ter que se manter concentrado por vários dias para competir exige muito no aspecto psicológico.

‘Isso é muito duro para a cabeça, é mais duro que uma maratona de 42 quilômetros. Todas as manhãs, tinha que partir do zero’, desabafou Despres, que comentou que a vitória deste ano teve um sabor diferente das outras, alcançadas em 2005, 2007 e 2010.

‘Toda vitória é maravilhosa, mas esta foi especial sobretudo pelo contexto, com luta até o final, até o último momento’, finalizou. EFE

gs/dr

Continua após a publicidade
Publicidade