Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após manter Brasil vivo na Davis, Bellucci comemora empate

Thomaz Bellucci conseguiu recuperar o orgulho brasileiro na disputa da repescagem da Copa Davis nesta sexta-feira. Depois de ver uma humilhante derrota de Ricardo Mello para o russo Mikhail Youzhny com direito a pneu, o número 38 do mundo devolveu os 3 sets a 0 sobre Igor Andreev e empatou o confronto em 1 a 1, comemorando o fato de poder manter o país vivo no confronto, e no aguardo pela virada na disputa do jogo de duplas neste sábado.

‘Acho que foi um belo jogo. No primeiro jogo o Ricardo não teve muitas chances, mas eu consegui empatar (o confronto), o que foi o mais importante’, afirmou Bellucci, que admitiu a superioridade do time russo, mas afastou um possível clima de ‘já ganhou’ criado pela derrota na primeira partida.

‘O jogo está em aberto, a gente veio pra cá com a consciência de que não éramos favoritos, mas que podíamos jogar de igual para igual para eles. Então a ideia é jogar solto e poder fazer o segundo ponto, e brigar pela sonhada classificação (à próxima fase da repescagem)’, contou, em entrevista ao ‘Sportv’ logo na saída de quadra.

Bellucci comemorou a atuação bastante superior que teve no embate ante Andreev. ‘O importante foi que eu saquei muito bem hoje, foi o que me deixou mais dentro de quadra, e acho que o saque dele foi um dos pontos importantes, ele não acertou muito’, avaliou, já pensando na partida do próximo domingo, contra Youhzny.

‘Se o Youzhny jogar do jeito que jogou hoje vai ser muito dificil, ele é um jogador que ficou entre os 10 melhores do mundo. Mas estou confiante’, afirmou. ‘vamos ver como vai ser amanhã, se jogarmos com 2 a 1 na frente ele vai jogar pressionado’, projetou.

A partir de 7h (de Brasília) deste sábado, Marcelo Melo e Bruno Soares irão enfrentar Igor Kunitsyn e Igor Tursunov no jogo de duplas. No domingo, por sua vez, os confrontos desta sexta-feira serão invertidos.