Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após mais uma derrota, Flamengo demite o técnico Jorginho

Com apenas 14 jogos pelo time rubro-negro, treinador perdeu a segunda partida em quatro disputadas até agora pela equipe carioca no Brasileirão 2013

Depois de apenas 14 jogos no comando do Flamengo, Jorginho não é mais o técnico da equipe carioca. O treinador foi demitido na madrugada desta quinta-feira, após uma reunião da diretoria do clube do Rio de Janeiro realizada em Florianópolis, onde o Flamengo foi derrotado nesta quarta-feira pelo Náutico por 1 a 0. Foi a segunda derrota rubro-negra em quatro jogos no Campeonato Brasileiro – os outros dois terminaram em empate. Sob pressão, com o Flamengo sem nenhuma vitória e no penúltimo lugar na tabela, Jorginho não resistiu à campanha ruim neste início de competição.

Leia mais:

Brasileirão 2013: os clubes que deverão brigar pelo título

Pouco depois de ser comunicado da demissão, Jorginho escreveu uma mensagem em sua página no Facebook. “Família e amigos! Não sou mais o treinador do Flamengo!!! Foi curto, mas foi uma honra ter trabalhado aqui!!! Procurei fazer o melhor de todo o meu coração!!!”, diz o texto. O técnico ainda pediu desculpas à torcida rubro-negra pelo mau desempenho de seus comandados. “A torcida do Flamengo: minhas desculpas por não ter conseguido bons resultados nesse início de Brasileiro!!! Obrigado a comissão técnica, atletas e diretoria, pelo tempo que passamos juntos!!! Desejo sucesso no Brasileirão!!! Deus abençoe. Jorginho”

Galeria de fotos: Flamengo apresenta nova camisa

O Flamengo confirmou a demissão do técnico com uma nota no site oficial do clube, na qual “agradece a Jorginho pelos serviços prestados em 14 jogos e deseja sucesso em sua carreira”. Na curta passagem pela Gávea, Jorginho aculumou sete vitórias, quatro empates e três derrotas. Na próxima rodada do Brasileirão, a última antes da pausa para a Copa da Confederações, o Flamengo será comandado interinamente pelo auxiliar-técnico Jaime de Almeida. A equipe joga contra o Criciúma, em Joinville. Enquanto isso, a diretoria se articula para contratar um novo treinador. E o nome que aparece em um primeiro momento é o de Muricy Ramalho, recém-demitido pelo Santos.