Clique e assine a partir de 9,90/mês

Após ‘jogaço’, Sampaio faz elogios ao competitivo grupo do Palmeiras

Por Da Redação - 27 fev 2012, 09h30

Embora tenha ficado incomodado com a arbitragem do clássico com o São Paulo, o gerente de futebol do Palmeiras, Cesar Sampaio, não deixou de ressaltar o bom jogo realizado entre os dois rivais, na tarde deste domingo, em Presidente Prudente (SP). Após estar três vezes à frente no placar, o Verdão cedeu o empate, mas Sampaio tratou de elogiar o desenvolvimento do atual grupo alviverde.

‘Nós estamos montando um grupo competitivo, e que vai ter que se acostumar com jogos como esse. Estivemos três vezes à frente, no clássico temos que saber administrar. Temos visto não só superação, mas uma melhora tática, técnica e quem veio a Prudente viu um grande jogo. Foi um jogaço, é uma pena que nós estivemos três vezes à frente, queríamos terminar com a vitória e não conseguimos’, lamentou o dirigente.

Tratado como peça fundamental para o bom ambiente no Palmeiras em 2012, Sampaio confessou estar mais afastado nos últimos dez dias, por conta do trabalho para acertar a vinda do meio-campista Wesley, vinculado ao Werder Bremen. Com a situação junto ao ex-santista encaminhada – agora o Verdão tem uma campanha na internet para que os torcedores ajudem na negociação -, o ex-jogador espera retornar ao trabalho de dia a dia com o elenco.

‘Temos visto que a saúde do grupo está interessante. Parte disso é o número de jogos sem perder, além de meu trabalho e do Galeano, que somos os responsáveis para tentar fazer com que os problemas possam ser administrados antes de tomarem maiores proporções. Estava focado no Wesley, mas agora volto para ajudar com minha vivência, minha formação acadêmica para classificar o time pelo menos entre os três primeiros’, completou.

Com 22 pontos ganhos, os comandados de Luiz Felipe Scolari estão na terceira colocação do Paulista, a quatro pontos do atual líder, Corinthians. A próxima partida do Verdão está marcada para esta quarta-feira, diante do Linense, em Lins (SP). Para este jogo, o volante Marcos Assunção não poderá jogar, já que o camisa 20 recebeu o terceiro cartão amarelo no Choque-Rei e, assim, deve cumprir suspensão automática.

Continua após a publicidade
Publicidade