Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após interrupção, Alonso conquista pole em Silverstone

Por AE

Silverstone – Em um treino tumultuado, marcado por forte chuva e paralisação, o espanhol Fernando Alonso conquistou a pole position do GP da Inglaterra, no circuito de Silverstone, e encerrou um jejum na Ferrari. A equipe italiana não largava na frente desde o GP de Cingapura de 2010. Felipe Massa também foi bem e ficou com o quinto lugar, seu melhor resultado no grid deste ano. Bruno Senna sairá da 13ª colocação.

A pole de Alonso confirma a reação da Ferrari na temporada. O espanhol vencera a última corrida, em Valência, e foi o mais rápido no terceiro treino livre na Inglaterra, em pista seca. Massa, por sua vez, também entrou na disputa pela pole e só foi superado nos instantes finais da classificação.

O treino deste sábado foi marcado pela forte chuva, que alagou a pista inglesa e acabou causando a interrupção das atividades por cerca de 1h40min. A longa paralisação deixou a parte final do Q2 e todo o Q3 mais equilibrados. O australiano Mark Webber ficou com o segundo lugar no grid, seguido de perto pelo alemão Michael Schumacher. Sebastian Vettel sairá em quarto.

O TREINO – Após dar uma trégua na terceira e última sessão livre, nesta manhã, a chuva voltou a castigar Silverstone e prejudicou o desempenho dos pilotos na classificação. A primeira surpresa aconteceu logo no Q1. Jenson Button, em má fase, não mostrou bom desempenho em sua McLaren e foi eliminado na primeira parte do treino. Foi apenas o 18º, mas vai largar duas posições à frente por conta de punições aos rivais.

O mau tempo se agravou no Q2 e os pilotos tiveram dificuldade para se segurar na pista encharcada. Massa, Alonso e Michael Schumacher rodaram, mas não tiveram maiores problemas. Hamilton quase se chocou com Kobayashi. A situação instável, consequência do excesso de água na pista, causou a paralisação do treino por cerca de 1h40min.

A interrupção e a mudança no tempo deixou a disputa mais equilibrada no Q2. Mais rápido na sessão inicial, Vettel foi apenas o décimo colocado na segunda parte do treino e precisou torcer contra os rivais para se garantir na briga pela pole position.

O mesmo aconteceu com Alonso, que chegou a ser o mais rápido no terceiro treino livre, no início da manhã, ainda com pista seca. O espanhol foi o nono colocado e só assegurou vaga no Q3 nos instantes finais da segunda sessão. Hamilton liderou o Q2. Já Bruno Senna não passou do 15º lugar e não conseguiu avançar no treino. No entanto, largará em 13º por causa da punição de rivais.

A disputa pela pole foi uma das mais equilibradas deste ano. Alonso, Webber, Schumacher e até Massa entraram na briga até o espanhol se sobressair nos segundos finais, quando a chuva já voltava a atrapalhar o treino, e faturar a pole.

O grid de largada contará com três mudanças no pelotão do fundo, por causa de punições. Kobayashi fez o 12º melhor tempo da classificação, mas vai largar somente em 17º por ter perdido cinco posições ao fim do GP da Europa, há duas semanas. Já o francês Jean-Eric Vergne teve descontada dez colocações e sairá em 23º.

O alemão Nico Hulkenberg, por sua vez, perderá cinco posições no grid por ter trocado a caixa de câmbio nesta manhã. O piloto da Force India vai largar, assim, em 14º. Charles Pic recebeu a mesma pena, por causa idêntica. O francês, no entanto, foi mal no treino e não fez o tempo mínimo necessário para garantir vaga na largada. Sua participação depende agora da aprovação dos comissários da prova.

A corrida no Circuito de Silverstone será disputada na manhã deste domingo, às 9 horas (horário de Brasília).

Confira o grid de largada para o GP da Inglaterra:

1.º – Fernando Alonso (ESP/Ferrari), 1min51s746

2.º – Mark Webber (AUS/Red Bull), 1min51s793

3.º – Michael Schumacher (ALE/Mercedes), 1min52s020

4.º – Sebastian Vettel (ALE/Red Bull), 1min52s199

5.º – Felipe Massa (BRA/Ferrari), 1min53s065

6.º – Kimi Raikkonen (FIN/Lotus), 1min53s290

7.º – Pastor Maldonado (VEN/Williams), 1min53s539

8.º – Lewis Hamilton (ING/McLaren), 1min53s543

9.º – Romain Grosjean (FRA/Lotus), sem tempo

10.º – Paul di Resta (ESC/Force India), 1min57s009

11.º – Nico Rosberg (ING/Mercedes), 1min57s108

12.º – Daniel Ricciardo (ITA/Toro Rosso), 1min57s132

13.º – Bruno Senna (BRA/Williams), 1min57s426

14.º – Nico Hulkenberg (ALE/Force India), 1min54s382

15.º – Sergio Pérez (MEX/Sauber), 1min57s895

16.º – Jenson Button (ING/McLaren), 1min48s044

17.º – Kamui Kobayashi (JAP/Sauber), 1min57s071

18.º – Vitaly Petrov (RUS/Caterham), 1min49s027

19.º – Heikki Kovalainen (FIN/Caterham), 1min49s477

20.º – Timo Glock (ALE/Marussia), 1min51s618

21.º – Pedro de la Rosa (ESP/Hispania), 1min52s742

22.º – Narain Karthikeyan (IND/Hispania), 1min3s040

23.º – Jean-Eric Vergne (FRA/Toro Rosso), 1min57s719

24.º – Charles Pic (FRA/Marussia), 1min54s143