Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Após falhar, Cicinho elogia treino inédito, mas nega culpa dos laterais

Por Da Redação 26 out 2011, 11h01

O lateral direito Cicinho passou por uma situação inédita na carreira, nesta quarta-feira. Ao lado dos outros alas do elenco, o jogador participou de um treino específico da posição e elogiou a iniciativa do técnico Luiz Felipe Scolari, pois reconhece que falhou na rodada passada do Campeonato Brasileiro.

‘Creio que ele vá fazer isso com outros setores também. Para mim, isso foi muito bom, porque deixei o atacante cruzar no último jogo. E ele trabalhou hoje (quarta) uma jogada bem parecida. Se eu tivesse feito o que ele falou hoje, talvez não tivesse saído o gol’, ponderou.

Na partida contra o Figueirense, Cicinho foi driblado por Wellington Nem, que fez o cruzamento para o segundo gol dos catarinenses, marcado por Júlio César. Apesar do lance na rodada passada e do treino específico, o camisa 2 avisou que o problema não está apenas nos lados do campo.

‘O time todo não vem jogando bem, e não um ou outro. No último jogo, o melhor em campo foi o Valdivia, que é um cara que busca muito o jogo e sabe armar bem. Se for para melhorar (com treinos a mais), não tem por que ficar resmungando’, afirmou.

Cicinho ainda acredita que a atividade restrita não prejudica a imagem dos laterais. ‘Na minha opinião, não. Estou muito feliz com esse trabalho, pois foi bom para mim e também aos outros’.

Satisfeito com a movimentação, o camisa 2 reconhece nunca ter passado por algo parecido antes na carreira.

‘Nunca passei por isso, de treinar só com cinco jogadores. Foi legal, o professor pôde passar algumas coisas que estamos errando. Se ele achar que teremos de fazer o mesmo amanhã (quinta), estaremos aqui de novo’, completou.

Continua após a publicidade
Publicidade