Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Após empate com Fla, Ponte vai protestar contra árbitro

Por Da Redação 7 jun 2012, 18h24

Por AE

Campinas – Depois de empatar com o Flamengo, por 2 a 2, na noite de quarta-feira, em casa, a Ponte Preta mostrou inconformismo com a arbitragem nesta quinta e prometeu protestar contra a atuação do juiz Wagner Reway (MT), que teria interferido no resultado final da partida.

Segundo o executivo de futebol do clube, Ocimar Bolicenho, o clube irá contatar a CBF na segunda-feira. “Não podemos deixar passar em branco, porque fomos claramente prejudicados”, afirmou Bolicenho.

O dirigente se refere ao último lance do jogo, que gerou o gol de empate do Flamengo. A marcação do escanteio, que resultou no gol de Vágner Love aos 48 minutos, foi equivocada, na avaliação da Ponte Preta. Antes, o juiz já havia marcado uma falta duvidosa de Somália sobre Ibson.

Além dos lances cruciais no final da partida, a diretoria alvinegra também reclama dos critérios distintos que o Reway teria utilizado para os dois times na aplicação de cartões e na marcação de faltas. O atacante Roger foi expulso após o empate do Flamengo, nos acréscimos.

TORCIDA BRAVA – O empate nos acréscimos irritou torcedores, que depredaram um veículo da ESPN. Houve também alguns confrontos com policiais. Uma viatura da Guarda Municipal ficou danificado.

Continua após a publicidade
Publicidade