Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Após desabafo de Ceni, time evita achar culpados por erros em Minas

Por Da Redação - 6 out 2011, 20h37

Rogério Ceni deixou a Arena do Jacaré indignado com o gol do Cruzeiro que selou o empate por 3 a 3, com Anselmo Ramon livre na pequena área, repetindo que ‘time campeão não leva gols assim’. Foram três vacilos que podem deixar o São Paulo até em quinto lugar no Brasileiro. Mas a ordem na volta para casa foi de minimizar os erros.

‘Na hora, na correria da marcação, acabamos esquecendo de marcar algum jogador. Foi uma falha de todos nós, não podemos culpar alguém em especial’, disse João Filipe, que, ao lado de Rhodolfo, foi defendido pelo goleiro, bravo por culparem somente a zaga pelos equívocos em Sete Lagoas (MG).

O gol que abriu o placar da partida, porém, teve erro decisivo de Rhodolfo, que não conseguiu alcançar Keirrison. No segundo gol, Luis Fabiano escorregou na área e facilitou para Charles igualar. Até Anselmo Ramon não ter ninguém para marcá-lo ao testar para as redes vazias e definir o marcador, para ira de Rogério Ceni.

‘Não tem explicação. Temos que ter atenção o tempo todo. Não tivemos por pouco tempo e levamos os gols. São falhas de posicionamento porque não tivemos a concentração necessária’, comentou Jean, em discurso similar ao do capitão.

Publicidade

‘Mas é normal um jogador sair de campo e falar o que está pensando. Mas não é momento de criticar. É um momento de dar tranquilidade’, apaziguou Rivaldo. Como o camisa 10 solicitou, o pedido é por calma e análise da partida.

‘Quando sofremos o gol, temos que rever porque sofremos e trabalhar para corrigir. Tivemos uma grande oportunidade de vencermos e acabamos empatando’, comentou Luis Fabiano, minimizando seu escorregão e na expectativa pelo vídeo que Adilson Batista deve mostrar sobre a partida antes do jogo contra o Inter, na próxima quarta-feira, em Barueri.

‘As falhas foram do conjunto. Faltou atenção. Precisamos trabalhar para isso não acontecer mais’, afirmou Cícero. ‘Foi um jogo difícil e conseguimos um empate fora. Agora é se preparar para outro jogo difícil na quarta-feira. Futebol é assim’, tranquilizou João Filipe.

Publicidade