Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após classificação santista, Muricy fala em abreviar carreira

Técnico, que passou os últimos dias se recuperando de uma diverticulite, admitiu que a rotina desgastante do futebol pode estar afetando sua saúde

O Santos voltou a enfrentar dificuldades contra o modesto Flamengo do Piauí no jogo de volta da primeira fase da Copa do Brasil, na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro. Depois de parar na retranca do adversário e passar em branco no primeiro tempo, a equipe paulista desencantou na etapa final e garantiu a vaga com dois belos gols: um de Galhardo, de fora da área, e outro de Neymar, após driblar dois marcadores.

Leia também: São Paulo vence o Atlético-MG e renasce na Libertadores

Desabafo – O assunto na entrevista coletiva do técnico Muricy Ramalho, porém, não foi a previsível classificação santista para a segunda fase da competição. Recuperado de um quadro de diverticulite (inflamação no intestino grosso) que o afastou dos gramados nos dois jogos anteriores do Santos, o treinador admitiu que a internação o fez repensar a carreira. “Hoje está tudo bem, mas quando eu tive o problema, fiquei preocupado. Toda a pessoa que trabalha com o futebol sabe que é complicado. A gente fica muito longe da família, da esposa”, desabafou. “Tudo bem, o futebol me deu muita coisa, mas também me tira muito, demais.”

Muricy negou com veemência a hipótese de diminuir o seu ritmo atual de trabalho, mas admitiu que pretende abreviar a carreira para preservar a sua saúde. “A gente vive futebol 24 horas por dia. Não desligamos nunca e ficamos doentes por causa disso”, afirmou. Com vínculo até o final do ano com o Santos, o treinador deixou no ar a possibilidade de se aposentar ao término do seu contrato. “Tenho que aguentar até o fim do ano, pelo menos”, emendou.

Flamengo – Outra equipe que avançou na Copa do Brasil na noite desta quarta foi o Flamengo. Com três gols do atacante Hernane, a equipe carioca despachou o Remo por 3 a 0, em Volta Redonda. No jogo de ida, na semana passada, o Flamengo havia vencido por 1 a 0 no Pará.

(Com agência Gazeta Press)