Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Após alterar nome, Washington terá primeiro presidente negro da NFL

Jogador da liga durante sete temporadas, Jason Wright assume a franquia após protestos contra o racismo, que resultaram na mudança de seu nome e escudo

Por Danilo Monteiro 18 ago 2020, 15h42

O time de Washington da NFL, principal liga de futebol americano dos Estados Unidos, anunciou na última segunda-feira 17 a contratação do ex-jogador Jason Wright para assumir a presidência da equipe. Aos 38 anos, o ex-running back se tornou o primeiro presidente negro de uma franquia da liga, fazendo parte da tentativa de mudança de imagem do time frente à sociedade e patrocinadores, depois de manifestações contra o apelido e escudo da equipe.

A franquia passou por diversas alterações nos últimos meses e precisou até mesmo aposentar o apelido “Redskins” (peles vermelhas), conhecido por ser um termo pejorativo direcionado à população indígena. O próprio escudo do time, que tinha a figura de um cacique, precisou ser retirado, depois das pressões de movimentos contra o racismo e ameaça de patrocinadores. Atualmente, o time tem escudo, um simples W amarelo em um fundo vinho, e nome, Washington Football Team, provisórios. 

O nome “Redskins” acompanhava a franquia desde 1933, quando o time ainda ficava em Boston, Massachusetts. George Preston Marshawn, fundador da equipe e conhecido por ter sido contra a participação de negros na NFL, teve sua estátua pichada por manifestantes na capital americana, motivo pelo qual a direção do time optou por remover a estátua e, também, o nome do dirigente do hall da fama da franquia.

  • “A transformação do Washington está acontecendo em todos os aspectos da organização – do futebol às operações e cultura – e nos fará uma franquia moderna e inspiradora. Queremos estabelecer novos padrões para a NFL”, disse Wright, em entrevista à emissora americana CBS.

    Wright disputou sete temporadas como running back na NFL, onde vestiu as camisas de Atlanta Falcons, San Francisco 49ers, Arizona Cardinals e Cleveland Browns. Há dez anos aposentado, o ex-jogador se tornou parceiro da McKinsey & Company, uma empresa global de consultoria de negócios, antes de ser nomeado presidente do Washington. Wright fará parte do processo de escolha do novo apelido e escudo da franquia.

    Continua após a publicidade
    Publicidade