Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após caso Kleber, Felipão foge de polêmica por futuro de Valdivia

O técnico Luiz Felipe Scolari não quer se envolver na definição do futuro do meia Valdivia. Ao ouvir que o chileno está novamente na mira do futebol árabe, o treinador se recusou a dar sua opinião sobre o assunto e, sem citar nomes, fez referência à posição que teve no ano passado, quando o Flamengo estava interessado por Kleber.

‘Depende de o Palmeiras entender se pode fazer a transferência. No ano passado, fui contra uma negociação e tive problemas depois no vestiário. Agora, eu me coloco na minha função de funcionário, e a direção vai entender o mais correto para ela e o jogador’, afirmou.

No início do Brasileirão do ano passado, o Flamengo manifestou o interesse na contratação de Kleber, mas Felipão ironizou o rival e cobrou a permanência do atleta. O episódio gerou turbulência entre os dois clubes, e o técnico afirmou meses depois que o caso desestabilizou o Palmeiras.O Gladiador, que chegou a ser capitão com Scolari, ainda discutiu com o técnico em função da briga de João Vitor com torcedores e acabou afastado do elenco principal, sendo negociado com o Grêmio.

Agora, apesar de não falar sobre o futuro de Valdivia, o técnico entende a posição do meio-campista, que se disse impossibilitado de ficar longe da esposa, Daniela Aranguiz, e dos filhos.

‘Se ficar longe da minha família, também não trabalho. Só posso elogiar a postura dele em relação à família e esperar que decidam pela permanência ou venda. É um excelente jogador, mas não vou participar deste assunto’, ponderou.

Depois do sequestro relâmpago sofrido no início de junho, Aranguiz voltou ao Chile e avisou que não aceita mais morar na capital paulista. Valdivia segue no Palmeiras, mas não quer ficar sem a esposa e deixa seu destino como dúvida.