Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após admitir doping, Crystal Cox perde ouro conquistado em Atenas-04

Em decisão tomada neste sábado, o Comitê Olímpico Internacional (COI) decidiu que a norte-americana Crystal Cox, que disputou a prova do revezamento 4×400 metros nas Olimpíadas de Atenas, em 2004, vai perder a medalha de ouro conquistada na prova. Em 2010, a atleta confessou que fez uso de substâncias visando melhora de desempenho esportivo entre 2001 e 2004 e aceitou a suspensão de quatro anos e que todos os seus resultados no período fossem desconsiderados.

Por enquanto, mesmo perdendo a medalha, a vitória dos Estados Unidos na prova segue valendo. Porém, a entidade deixou para a Federação Internacional de Atletismo (IAAF) decidir se a equipe inteira do país que participou da prova vai ter o resultado anulado. Caso isso aconteça, a Rússia, segunda colocada na ocasião, seria considerada a campeã da prova do revezamento.

Com as regras atuais, um time inteiro pode ser desclassificado por conta do doping de um de seus membros. Porém, o porta-voz do Comitê Olímpico Internacional, Mark Adams, disse que não está claro se as regras da IAAF estavam valendo em Atenas.

Na prova do revezamento 4×400 metros nas Olimpíadas de 2004, Cox disputou somente as etapas preliminares, mas não a final. Na decisão, os Estados Unidos foram representados por Sanya Richards, Dee Dee Trotter, Monique Henderson e Monique Hannegan.