Após acidente com Lorenzo, Bautista largará em último na Alemanha

Por Da Redação - 1 jul 2012, 09h48

Líder do Mundial de MotoGP, o espanhol Jorge Lorenzo saiu da etapa da Holanda da competição, disputada nesse sábado, após um acidente com o compatriota Álvaro Bautista nos primeiros instantes da prova. Como punição por ter provocado o acidente, a direção da prova decretou que o piloto da Honda largue na última colocação no próximo grande prêmio da categoria, que acontecerá na Alemanha.

Campeão Mundial em 2010, Jorge Lorenzo considera que a punição imposta ao colega de profissão por ter provocado um acidente grave foi branda, e cobrou maior rigor por parte dos organizadores.

‘Foi um completo desastre, um desastre para mim. Não é legal, pois ele é um espanhol como eu e isso já aconteceu com ele. A manobra dele foi um desastre, mas a decisão tomada pela direção de prova foi ainda mais triste. Largar da última posição na próxima corrida não é suficiente para aprender’, declarou.Obrigado a abandonar a prova, Lorenzo viu de fora das pistas o australiano Casey Stoner vencer a corrida e igualar os seus 140 pontos na liderança da competição. ‘Por sorte, tínhamos 25 pontos de vantagem, porque senão estaríamos bem atrás agora. A diferença para Casey, entretanto, é de zero ponto’, disse.

Com 140 pontos, embora agora empatado com Stoner, Lorenzo continua na liderança do Mundial de Pilotos na MotoGP, pois possui mais vitórias na competição do que o australiano da Honda.

Publicidade