Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Após 43 gols, Neymar comemora o melhor ano da carreira

Craque não conseguiu os títulos mais esperados, mas brilhou individualmente

Por Da Redação 4 dez 2012, 09h29

“Faço gol de canela, feio, de cabeça, de todo jeito”, brincou o jogador

O Santos ficou muito longe de erguer o título do Campeonato Brasileiro e também não conseguiu repetir a conquista da Copa Libertadores da América em 2012, mas o atacante Neymar tem motivos para comemorar. Com 43 gols marcados pelo clube no ano, o jogador acredita ter feito a melhor temporada de sua carreira. “Foi a melhor sim. Acho que foi uma temporada muito proveitosa, maravilhosa”, afirmou o atleta, que participou da premiação dos melhores do Campeonato Brasileiro, na noite de segunda-feira, em São Paulo. Além do alto número de gols marcados, o atacante também comemorou os títulos do Campeonato Paulista e da Recopa Sul-americana. Sorridente, Neymar foi à festa para receber o prêmio de melhor atacante do Nacional, formando a dupla da seleção do campeonato com Fred, do Fluminense.

Leia também:

Leia também: Felipão aposta em Neymar entre os três melhores de 2013

Horas antes, ele tinha sido apontado como hors concours na eleição da Bola de Prata da revista Placar. E o craque ainda pode receber mais um reconhecimento pela sua excelente temporada. Assim como no ano passado, Neymar concorre ao prêmio Puskas, organizado pela Fifa e que elege o gol mais bonito da temporada. Ganhador do troféu em 2011, ele está entre os três finalistas deste ano, ao lado do colombiano Falcao García e do eslovaco Miroslav Stoch. O atleta foi indicado pelo lance espetacular do gol marcado contra o Internacional, em março, mas negou que se preocupe excessivamente com a beleza de suas jogadas. “Faço gol de canela, feio, de cabeça, de todo jeito”, brincou.

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade