Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Após 3 corridas, Barrichello já reclama da Indy

Por Da Redação 16 abr 2012, 10h07

“Gostaria apenas que as pessoas tivessem mais respeito uns pelos outros na pista. Fui atingido por todos os lados”

Recebido na Fórmula indy até com certo mimo, Rubens Barrichello sentiu neste domingo que o ambiente amigável da categoria funciona mais fora das pistas. Ele terminou a etapa de Long Beach, na nona colocação, mas mostrou indignação com o acidente em que se envolveu: foi tocado na última volta por Hélio Castroneves quando os dois brigavam pela sétima posição. “Tinha uma boa corrida. Foram tantas bandeiras amarelas que a equipe usou uma estratégia para eu economizar combustível. Quando soubemos que não daria até final, andei forte. Gostaria apenas que as pessoas tivessem mais respeito uns pelos outros na pista. Fui atingido por todos os lados.”

Barrichello terminou pela segunda vez entre os dez mais bem colocados – no último dia 1º, ele ficou em oitavo na etapa do Alabama. “Fora o acidente, me diverti muito hoje. Por começar de tão longe e terminar novamente entre os dez primeiros mostra estou ficando melhor, por isso espero ter o meu melhor resultado daqui a duas semanas no Brasil.” A quarta etapa da temporada acontece dia 29, em São Paulo.

Hélio Castroneves se desculpou com Barrichello em seu perfil no Twitter e foi perdoado. A direção da Indy culpou Castroneves pelo acidente e foi punido com a soma de 30 segundos em seu tempo final, ficando assim na 13ª colocação. “Frustrante o dia hoje em todos os sentidos. Foi mal, Barrichello”, escreveu Castroneves, que em seguida recebeu a resposta de Barrichello: “Faz parte, mano.” (Com Agência Estado)

Continua após a publicidade

Publicidade