Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Apesar do bom momento, Fluminense teme sequência contra ‘desesperados’

Por Da Redação
13 set 2011, 16h18

O Fluminense venceu seus últimos quatro confrontos no Campeonato Brasileiro e, com 37 pontos, está se aproximando do líder Corinthians, que tem seis a mais. Em teoria, o Tricolor tem boas chances de emplacar ainda mais vitórias, pois seus três próximos compromissos serão diante de equipes que estão lutando contra o rebaixamento.

Como Bahia, Avaí e Atlético-PR são times que lutam contra a degola, o favoritismo vai recair sobre o Fluminense. Porém, nas Laranjeiras, o discurso dos jogadores é de que a série promete ser muito complicada: ‘Se formos analisar a situação, não podemos esperar facilidade. O Bahia, por exemplo, ainda não perdeu para equipes do Rio de Janeiro, o Avaí está crescendo e o Atlético está com outra postura, além de contar com atletas experientes. Vamos ter três jogos muito complicados, diante de times que vão fazer de tudo para vencer. Cabe ao Fluminense tentar se impor desde os primeiros minutos nestes jogos, tentando tirar proveito da má fase vivida pelos adversários’, analisou o lateral esquerdo Carlinhos.

Na visão do zagueiro Leandro Euzébio seria melhor para o Fluminense enfrentar equipes que estão brigando na parte de cima da tabela de classificação. ‘Nós não estamos vendo vantagem em enfrentar essa sequência de jogos contra equipes que estão na parte de baixo. Normalmente esses times se fecham muito, jogam mais aguerridos e não dão espaço. Estamos vindo de confrontos contra times que jogam e deixam jogar, como São Paulo, Cruzeiro e Corinthians. Agora a figura muda e temos que projetar uma outra realidade. Mas tem uma semana para trabalhar’, analisou o defensor.

Na visão do goleiro Diego Cavalieri o Fluminense não deve pensar na série de jogos contra os ‘desesperados’ e sim focar apenas no próximo compromisso, diante dos baianos.

‘Eu acredito que a gente deva pensar em um jogo de cada vez e não na sequência, não dá para analisar todos de uma vez. O Bahia é o foco neste momento e realmente será um jogo muito complicado. Basta lembrar que eles conseguiram ganhar da gente aqui no Rio e não podem ser menosprezados de jeito nenhum’, disse o goleiro, se referindo ao triunfo baiano por 1 a 0 no primeiro turno, no Engenhão.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.