Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Apesar de desgaste, Bellucci elege Davis como prioridade para 2012

Por Da Redação 15 nov 2011, 08h00

A missão de recolocar o Brasil no Grupo Mundial da Copa Davis em 2012 deve ser uma das prioridades de Thomaz Bellucci. Mesmo reclamando do desgaste causado pelos confrontos com Uruguai e Rússia neste ano, o melhor tenista do País adiantou que continuará à disposição do capitão João Zwetsch na próxima temporada.

‘Eu sempre priorizei a Davis. Desde 2007, fui em todas as vezes que fui convocado, mesmo com timesmais fracos ou muito mais fortes do que a gente. A não ser que eu tenha um problema físico, pretendo jogar todos os confrontos para que eu for chamado no ano que vem’, afirmou Bellucci, nesta segunda-feira em São Paulo.

Em 2011, o tenista de Tietê integrou a equipe nacional no fácil duelo com o Uruguai, em Montevidéu, pelo Zonal Sul-americano, e na derrota para a Rússia, também fora de casa, nos playoffs do Grupo Mundial.Em Kazan, Bellucci fez dois jogos pelo Brasil. No primeiro, venceu Igor Andreev por 3 sets a 0, em 2h15min de jogo. No segundo, uma batalha de cinco horas e cinco sets contra Mikhail Youzhny, vencido pelo russo com 14/12 na última parcial de jogo, partida que desgastou o brasileiro para as semanas seguintes na temporada. Ele encerrou sua campanha em torneios da ATP com sete derrotas consecutivas. Quatro delas ocorreram após o duelo com a Rússia.

‘Tem que levar em consideração que eu perdi quatro ou cinco semanas de torneio jogando a Davis e tive um desgaste muito grande. Isso influenciou nos resultados um pouco aquém do que a gente esperava’, avaliou Bellucci, atual número 37 do ranking mundial.

Se vencer o Challenger Finals em São Paulo nesta semana, ele sobe quatro posições na lista da ATP e encerra o ano na 33colocação. Em 2010, ele acabou a temporada na 31posição, cinco lugares à frente do que no ano anterior.

&emsp

Continua após a publicidade
Publicidade