Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Apesar da má fase, Botafogo não desiste da Libertadores

Por AE

Rio – Durante boa parte do Campeonato Brasileiro, o Botafogo esteve na briga pelo título, ao lado de Corinthians e Vasco. Bastaram quatro derrotas consecutivas, no entanto, para que a equipe carioca deixasse a briga pela primeira colocação e, para piorar, se complicasse na busca por uma vaga na Libertadores de 2012.

Apesar do momento ruim, o Botafogo segue na briga pela Libertadores. Um dos líderes do elenco botafoguense, o volante Renato, reafirmou a confiança na vaga. “Sabemos que a equipe pode dar mais e se recuperar. Matematicamente, existe chance de Libertadores, então ninguém vai se entregar. Vamos lutar, buscar e tentar os seis pontos nesses dois jogos para conseguir a vaga”, declarou o jogador.

Os próprios jogadores do Botafogo não conseguem explicar a queda de rendimento. Após uma vitória sobre o Corinthians no Pacaembu, pela 29ª rodada, a equipe carioca era apontada como uma das principais favoritas ao título. Mas logo depois passou a oscilar até perder três partidas consecutivas, o que culminou na demissão do técnico Caio Júnior. O preparador de goleiros Flávio Tenius assumiu interinamente, mas o time voltou a perder, desta vez para o Internacional, na última rodada.

Em meio à crise, Renato pediu “reflexão” ao grupo. “Nesse momento, cada um tem que refletir o que tem feito. Temos uma última oportunidade nesses dois jogos. Vencendo o Atlético-MG, se outros resultados forem favoráveis, teremos uma boa chance (de ir à Libertadores). A motivação tem que ser constante, pois somos profissionais”, afirmou o volante.

Na oitava colocação do Brasileirão, com 55 pontos, o Botafogo está a dois pontos do Figueirense, que é quinto colocado e hoje seria o último classificado para a Libertadores. Por isso, os jogadores sabem que duas vitórias nas últimas duas partidas do campeonato serão fundamentais. No domingo, a equipe enfrenta o Atlético-MG, em Sete Lagoas (MG). E no dia 4 de dezembro, faz o clássico com o Fluminense.