Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Aos moldes de Itaquera, Gabão busca desenvolvimento com novo estádio

Por Da Redação 10 nov 2011, 08h35

A construção de um estádio é o trunfo do governo do Gabão para a melhora da estrutura e da vida de sua população. Trata-se da mesma explicação das autoridades de São Paulo para a região de Itaquera que irá receber a Copa do Mundo de 2014. Por isso, a novidade da capital do país africano está localizada no distrito de Andonjé, norte da capital Libreville, que sofre uma total reformulação.

Na manhã desta quinta-feira, a reportagem fez uma visita ao estádio que será inaugurado um pouco mais tarde, a partir das 16 horas (de Brasília), no amistoso da Seleção Brasileira contra o Gabão. Nas imediações da arena, muitos trabalhadores seguem em ritmo acelerado para cumprir o cronograma das obras.

‘A região ainda vai passar por uma grande mudança, com muitas construções, diversas novidades que ficarão para a cidade, uma nova via de acesso e até um hospital’, explicou Igor Simard, assessor direto da presidência da República do Gabão.

Além de tudo isso, a diversidade de obras em Libreville traz mais opções de emprego à população local. Por isso, o governo comemora a melhora de indicadores econômicos, como o aumento do PIB (Produto Interno Bruto) e a diminuição da inflação.

O novo estádio de Libreville foi construído com o aporte do dinheiro chinês – que aposta no investimento de riquezas do Gabão – e terá capacidade para 40 mil pessoas. A construção será uma das sedes da próxima edição da Copa Africana das Nações, em janeiro de 2012, quando os gaboneses vão fazer a organização junto com Guiné Equatorial.

Além de Libreville, o Gabão terá outra sede na Copa das Nações. Trata-se da cidade de Franceville, que irá apresentar um estádio para receber 20 mil espectadores.

Para o jogo contra o Brasil, o governo do Gabão tomou todas as providências para evitar problemas. Há um destacado efetivo de segurança no local, inclusive com o exército, além de bases móveis com médicos para atendimentos de qualquer tipo de emergência.

Continua após a publicidade
Publicidade