Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Antes intocável, Chicão retorna à reserva do Timão após 11 meses

Por Da Redação 21 set 2011, 08h20

Onze meses e 11 dias depois, Chicão começará de novo uma partida no banco de reservas. O capitão do Corinthians foi barrado do time titular que enfrenta o São Paulo, na noite desta quarta-feira, e dará lugar a Wallace. A última vez em que deixou a equipe por opção foi no ano passado, com Adilson Batista, hoje rival.

Em 10 de outubro de 2010, Chicão retornava de contusão e estava à disposição de Adilson para o confronto com o Atlético-GO, mas iniciou como reserva. O Corinthians foi derrotado por 4 a 3, dentro do Pacaembu, e o treinador foi demitido pela sequência de tropeços no Campeonato Brasileiro. Tite assumiu duas rodadas mais tarde.

‘É uma mudança em cima do posicionamento defensivo. Não é demérito nenhum dele (ir para o banco), mas mérito do outro. Se não for assim, quando vai contratar, você contrata 11 jogadores para serem titulares e faz contrato à parte com os outros’, argumentou Tite, na terça-feira. ‘Eu chamei o Chicão na minha sala e expliquei minha decisão, como faço com todos os atletas’.

Publicidade