Clique e assine a partir de 8,90/mês

Antes de ‘estreia’, Milton Cruz comanda treino sob olhar de Juvenal

Por Da Redação - 18 out 2011, 23h35

Na véspera do primeiro jogo de Milton Cruz como substituto interino de Adilson Batista, o coordenador técnico teve mais uma prova de que é um dos homens de confiança do presidente. Juvenal Juvêncio, ao lado do vice-presidente João Paulo de Jesus Lopes e do diretor de futebol Adalberto Baptista, assistiu à última atividade antes da partida desta quarta-feira contra o Libertad, no Morumbi.

Observado pelo dirigente que mais se preocupá-lo em não queimá-lo e, por isso, não o quer deixá-lo no comando só pelos próximos dois jogos, Milton Cruz reuniu o elenco no gramado principal do CCT da Barra Funda. Foram 20 minutos de conversa com o grupo.

‘Ele está indo muito bem mesmo. Mas agora, com a lei nova, quando chega o fim do contrato a situação depende muito mais do jogador. O Dagoberto tem dúvidas, parece não fazer força para ir para o exterior. Aqui ele tem os filhos, os pais, gosta do São Paulo, não quer ir para outro lugar. Podemos dizer que está 50 a 50’, disse ao jornal O Estado de S. Paulo Juvenal Juvêncio sobre a possibilidade de renovação – o presidente já criticou e foi criticado publicamente pelo empresário do jogador, Marcos Malaquias.

Diretoria à parte, Milton Cruz deve realizar somente duas mudanças na escalação que perdeu do Atlético-GO no domingo, jogo que causou a demissão de Adilson Batista. Suspensos para a partida em Goiânia, João Filipe e Juan devem entrar nas vagas de Xandão e Carlinhos Paraíba.

A provável escalação do São Paulo no confronto de ida das oitavas de final da Copa Sul-americana, contra o Libertad, no Morumbi, será: Rogério Ceni; Piris, João Filipe, Rhodolfo e Juan; Denilson, Wellington, Cícero e Lucas; Dagoberto e Luis Fabiano.

Continua após a publicidade
Publicidade