Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Antes de clássicos, Ponte e Tricolor jogam por vantagem em Campinas

Desde o fim de semana, quando se classificaram para as semifinais do Campeonato Paulista, Ponte Preta e São Paulo veem suas torcidas ansiosas para os jogos de domingo contra Guarani e Santos, respectivamente. Nesta quinta-feira, contudo, os times terão de deixar a euforia de lado para evitar um fracasso que pode tirar o embalo para os clássicos.

Às 21h50 (de Brasília), Macaca e Tricolor realizam o primeiro duelo das oitavas de final da Copa do Brasil cientes de que um triunfo mais do que aumenta a empolgação, mas também aproxima o vencedor da vaga, que será definida na próxima quarta-feira, no Morumbi.

Por conta do sucesso no fim de semana, os times admitem que será complicado conter a alegria. ‘Será um jogo difícil. A Ponte está empolgada, vai vir para cima, e o São Paulo também vive um bom momento, uma fase especial, na semifinal do Paulista e bem na Copa do Brasil. Acredito em uma bela partida, aberta, com muitos gols’, apostou Luis Fabiano.A equipe comandada por Emerson Leão deve ser a mesma que goleou o Bragantino no sábado, apesar do mistério que o treinador tenta fazer – o comandante confirmou oficialmente apenas Luis Fabiano, que está suspenso para o San-São do Paulista neste domingo.

Além da tradição, o São Paulo tem a seu favor ostentar melhor campanha do que o adversário tanto no Estadual quanto na competição nacional. No Paulista,é quem mais somou pontos entre os que continuam vivos no torneio. Na Copa do Brasil, passou pelas duas fases anteriores com três vitórias – a última, uma goleada por 5 a 2 sobre o Bahia de Feira de Santana que dispensou o confronto de volta.

A Ponte Preta, por sua vez, chegou às quartas de final do Estadual com a pior campanha entre os classificados, mas avançou à semifinal batendo o Corinthians, que era o mais eficiente da competição. Já no torneio organizado pela CBF, passou pela primeira fase após empatar com o Sapucaiense no Rio Grande do Sul e golear em casa e, na segunda etapa, precisou dos pênaltis para eliminar o Atlético-GO ao perder fora e ganhar em Campinas por 2 a 1.

O clube campineiro, contudo, convive com uma euforia grande em meio à expectativa do dérbi contra o Guarani. Por isso a conversa entre os atletas é de tentar esquecer o clássico, usando o Paulista somente como lembrança da vitória por 3 a 2 sobre o Corinthians no Pacaembu, que agora serve de exemplo.

‘Nosso objetivo é fazer uma grande Copa do Brasil também. Para isso, o foco tem que estar total nesse confronto. Encaramos o Corinthians, conseguimos marcar a equipe deles e é isso que precisamos fazer contra o São Paulo. Só com esse pensamento conseguiremos algo no torneio’, indicou o volante João Paulo.

Não só o modelo do último domingo será repetido, como também a escalação. ‘Conseguimos achar o equilíbrio. O que tem que ser decisivo nessa fase é a entrega e a aplicação tática que tem dado certo’, declarou o zagueiro Ferron.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA X SÃO PAULO

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)

Data: 26 de abril de 2012, quinta-feira

Horário: 21h50 (de Brasília)

Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)

Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP) e Carlos Nogueira Junior (SP)

PONTE PRETA: Bruno Fuso; Guilherme, Willian Magrão, Ferron e Uendel; Cicinho, João Paulo Silva, Gerson, Renato Cajá e Caio; Roger

Técnico: Gilson Kleina

SÃO PAULO: Denis; Piris, Paulo Miranda, Rhodolfo e Cortez; Denilson, Cícero e Jadson; Lucas, Fernandinho e Luis Fabiano

Técnico: Emerson Leão