Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Anorexia faz patinadora campeã olímpica se aposentar aos 19 anos

Russa Yulia Lipnitskaya abandona o esporte após sofrer com o distúrbio alimentar. Atleta conquistou medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Sochi em 2014

Considerada uma das maiores promessa da patinação no gelo nos últimos tempos, a russa Yulia Lipnitskaya, de 19 anos, abandonou a carreira por causa de um distúrbio que vem afetando cada vez mais jovens pelo mundo: a anorexia.

A informação foi confirmada nesta segunda-feira pela mãe de Yulia, Daniela Lipnitskaya. Em entrevista à agência de notícias russa Tass, ela revelou que a filha informou sua decisão à Federação Russa de Patinação em abril, após quatro meses de tratamento contra a doença.

Yulia Lipnitskaya despontou na primeira metade da década. Depois de ótimos resultados nas competições de base, participou da conquista da medalha de ouro na disputa por equipes da patinação no gelo nos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi, em 2014, com somente 15 anos. Na ocasião, se tornou a mais nova campeã olímpica da patinação desde 1936.

Mas Lipnitskaya teve problemas para lidar com o sucesso e a cobrança excessiva por resultados. Ainda no fim de 2014, a garota reclamou publicamente da perda de liberdade por causa da fama, e que se sentia em estresse constante para corresponder à expectativa dos torcedores.

Pouco a pouco, a patinadora deixou os holofotes, foi caindo de rendimento, até sumir do cenário da modalidade, perseguida também por lesões. Agora, porém, sua mãe revelou que não eram apenas as contusões que se tornaram um obstáculo na carreira de Lipnitskaya, mas também o grave distúrbio alimentar.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. É uma pena que tenha tido esse desfecho. Em todo caso, foi brilhante enquanto atuou. Apresentações seguras e muito limpas. Que tenha felicidade daqui para frente e se sinta livre.

    Curtir