Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Animado, Verdão enfrenta XV de Piracicaba para cumprir nova meta

Por Da Redação 8 fev 2012, 02h47

O Palmeiras não foi brilhante no início do Campeonato Paulista, mas cumpriu a meta estipulada pela comissão técnica: obteve 11 pontos em cinco rodadas. Agora, a ordem é manter a estabilidade e permanecer na briga pelas principais colocações com mais um resultado positivo no jogo desta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), no estádio do Pacaembu, diante do XV de Piracicaba.

O estímulo palmeirense na temporada ganhou força com a recente vitória diante do Santos, com uma virada espetacular no fim da partida disputada sob o forte calor da cidade de Presidente Prudente. O próprio técnico Luiz Felipe Scolari coloca o triunfo no clássico como fundamental para a sequência alviverde no Campeonato Paulista.

‘Ainda temos muitos jogos pela frente, mas muda o ânimo da equipe e a forma que a gente pode enfocar alguns assuntos, como mostrar a importância de acreditar até o último minuto. Isso muda o espírito, porque todos que entraram sentiram que deram sua contribuição e os que vão entrar viram que fazem parte de um grupo, e não só de um time de 11’, diz o comandante.

Nos últimos anos, o Palmeiras tem se acostumado a derrubar o poderoso Santos de Paulo Henrique Ganso e Neymar. Os torcedores mais empolgados qualificam o Peixe como um grande freguês.

O goleiro Deola cita, por outro lado, que o grande segredo palmeirense é o espírito de luta, que rendeu, inclusive, os principais momentos da equipe no ano passado. ‘Nosso time é aguerrido e determinado. A garra tem sempre de estar ao nosso lado’, define.

Na escalação do jogo contra o XV de Piracicaba, o principal desfalque do Palmeiras é o meia Valdívia. Vítima de uma lesão na coxa direita, ele passará por, pelo menos, 15 dias de fisioterapia e deve ser substituído por Daniel Carvalho.

No ataque, Luan também será poupado por causa do desgaste. Maikon Leite é a provável alternativa para o setor. Já na defesa, o lateral Cicinho, pendurado, e o zagueiro Leandro Amaro, com dores no joelho, devem aumentar a lista de preservados. Por fim, o Verdão recebeu uma boa notícia: a documentação para relacionar o atacante Barcos.

Centenário: No XV de Piracicaba, o técnico Moisés Egert completa uma marca importante, levando-se em conta a instabilidade do seu cargo no futebol brasileiro. Contra o Palmeiras, ele chega a 100 partidas no comando da equipe do interior.

A tendência é que Moisés Egert faça apenas uma substituição no XV de Piracicaba. O zagueiro Toninho volta a ficar à disposição após cumprir suspensão no Campeonato Paulista e deve retomar a titularidade para formar o miolo da defesa com Everton.

FICHA TÉCNICA

Continua após a publicidade

PALMEIRAS X XV DE PIRACICABA

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)

Data: 8 de fevereiro de 2012, quarta-feira

Horário: 22 horas (de Brasília)

Árbitro: Rodrigo Braghetto

Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Junior e Rogerio Pablos Zanardo

Assistentes adicionais: Guilherme Ceretta de Lima e Norberto Luciano Santos da Silveira

PALMEIRAS: Deola; Artur (Cicinho), Román (Leandro Amaro), Henrique e Juninho; João Vitor, Marcos Assunção, Márcio Araújo e Daniel Carvalho; Maikon Leite e Fernandão (Barcos)

Técnico: Luiz Felipe Scolari

XV DE PIRACICABA: Gilson; Everton, Toninho e Marcus Vinicius; André Cunha, Adilson Goiano, Marcus Lima, Ricardinho e Alex Cazumba; Paulinho e Hugo.

Técnico: Moisés Egert.

Continua após a publicidade
Publicidade