Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Angela Merkel, Ferrari e Mercedes torcem por Schumacher

O ex-piloto alemão está em coma num hospital na França em estado critico

Por Da Redação 30 dez 2013, 20h45

Nesta segunda, pilotos, equipes e até a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, se pronunciaram sobre a situação traumática de Michael Schumacher, que sofreu um acidente de esqui no domingo, passou por uma neurocirurgia e luta pela vida.

“Como milhões de alemães, a chanceler e os membros do governo ficaram extremamente consternados quando ouviram sobre o grave acidente de Michael Schumacher esquiando. Esperamos que ele possa se recuperar das lesões sofridas.” (Angela Merkel, pro meio do porta-voz, Steffen Seibert)

Leia também:

Acidente de Schumacher é alvo de investigação na França

Família de Schumacher pede privacidade após acidente

Michael Schumacher está em estado crítico, diz hospital

Schumacher bateu a cabeça e está sob cuidados médicos, diz porta-voz

Continua após a publicidade

Michael Schumacher sofre acidente de esqui

“Estou chocado e espero que ele se recupere o mais rápido possível. Desejo muita força para ele e para a família.” (Sebastian Vettel, tetracampeão alemão de Fórmula 1)

“Melhore logo, Michael. Espero ouvir notícias positivas em breve!” (Fernando Alonso, piloto espanhol da Ferrari)

“Todos na Ferrari estão ansiosos desde que ouviram sobre o acidente de Michael Schumacher. Isso inclui o presidente, Luca di Montezemolo, que, pelo chefe da equipe, Stefano Domenicali, está em constante contato com a família e as pessoas próximas ao campeão alemão. Montezemolo ofereceu seu incentivo e apoio neste momento tão difícil, com a esperança de que a melhor notícia virá em breve.” (Ferrari, equipe com a qual conseguiu cinco títulos mundiais)

“Na sequência das sérias lesões sofridas por Michael Schumacher em um acidente de esqui ontem na França, os pensamentos e a compaixão de toda da Mercedes-Benz e da sua equipe de Fórmula 1 estão com Michael, sua família e amigos. Nós ficamos chocados em saber que ele está em uma situação crítica e estamos acompanhando de perto os últimos boletins médicos de Grenoble. Nós todos conhecemos a profundidade do espírito lutador de Michael e enviamos a ele toda nossa força e apoio nesta última batalha. Nós sinceramente esperamos que ele se recupere completamente e esteja conosco novamente em breve.” (Mercedes-Benz, equipe que deu a primeira chance a Schumacher no automobilismo e na qual encerrou carreira na F-1, em 2012).

“O que importa na vida é lembrar dos bons momentos e das boas risadas. Estou rezando por você.” (Rubens Barrichello, ex-companheiro de equipe na Ferrari.)

(Com agências EFE e Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade