Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Anfitrião, Minas é o grande vencedor do Troféu José Finkel 2011

Por Da Redação 4 set 2011, 13h33

O Mines Tênis Clube, de Belo Horizonte (MG), sede das disputas do 40Troféu Finkel 2011, foi o grande vencedor no balanço final da competição que foi encerrada neste domingo. Em segundo lugar, ficou o Esporte Clube Pinheiros, seguido pelo Flamengo de Cesar Cielo, na terceira colocação. Corinthians foi o quarto melhor entre as equipes.

Minas conquistou 44 medalhas (12 de ouro, 19 de prata e 13 de bronze), totalizando 2493 pontos. O Pinheiros, que havia vencido as últimas oito edições da competição, ficou com 1799 pontos e 27 medalhas (10 de ouro, 8 de prata e 9 de bronze). O Flamengo, segundo maior vencedor da história do torneio depois dos paulistas, ficou com a pontuação de 1478.

Grande nome da competição, o campeão olímpico e mundial Cesar Cielo nadou com as cores do Flamengo para seis medalhas de ouro no total. Neste domingo, foram vitórias no 50m borboleta, e no revezamento 4x100m, ao lado de Leonardo de Deus, Henrique Barbosa e Nicholas Santos.

‘Engraçado é que o tempo da prova dos 50m borboleta foi muito bom para todos, uma das melhores até. Mas tecnicamente foi fraca. Errei na saída e na chegada. Vi o vídeo e concluímos que temos que melhorar muito ainda’, diss.

Daynara de Paula, pelo Minas, foi a vencedora na prova feminina dos 50m borboleta e já está de olho nos Jogos Pan-americanos de Guadalajara, em outubro. ‘Competir e ganhar medalha em casa é muito bom. Este é o meu terceiro ano no Minas e gosto muito daqui. Mas esta contusão me atrapalhou muito na saída, que foi ruim, e ter que recuperar com a Inge (Dekker, holandesa companheira de equipe) é complicado. Agora é cuidar do pé e me preparar para o Pan com meu novo técnico. Tenho que me adaptar rápido ao seu método. No México, quero subir ao pódio e representar bem o Brasil’, explicou a brasileira, que também garantiu vaga nas Olimpíadas de Londres nos 100m borboleta.

Outra atleta de peso do clube mineiro, Fabíola Molina venceu na prova feminina dos 100m costas. Pelos homens, Gabriel Mangabeira foi ouro. Fabíola ainda subiu mais tarde no lugar mais alto do pódio ao lado de suas companheiras no revezamento 4x100m feminino, junto de Renata Sander, Dandara Antônio e Kimberly Vanderberg.

Continua após a publicidade
Publicidade