Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Andrey reclama de pênalti no final: ‘Com três goleiros fica difícil’

O goleiro Andrey, do Criciúma, teve uma passagem pela Portuguesa no ano passado, e parece ter um gostinho especial em enfrentar o ex-clube. No primeiro turno, em partida disputada no Canindé, o arqueiro fez graças com a bola, principalmente com os pés, e provocou bastante a torcida. Nesta terça, pelo returno, ele quase protagonizou o lance da vitória de sua equipe.

Aos 47 minutos do segundo tempo, o jogador foi para a área do adversário e conseguiu cabecear a bola. No meio do caminho, no entanto, a bola bateu nos dois braços de Marcelo Cordeiro, causando muita reclamação dos anfitriões.

Revoltado com a decisão do juiz de mandar o jogo seguir, o ex-atleta lusitano soltou o verbo. Mesmo reconhecendo a força e o mérito da líder na competição, ele criticou muito a atuação do árbitro capixaba Pablo dos Santos Alves.

‘A Portuguesa é uma baita de um time, não à toa subiu com seis rodadas de antecedência. Mas o árbitro só errou contra a gente, nem digo que foi intencional, mas tem que ser macho para apitar o jogo da gente. O Weverton fez um grande trabalho, mas com três goleiros fica difícil’, comentou.

Com o resultado, o Tigre chegou aos 50 pontos conquistados, um a menos que o Americana, primeiro time do G-4. Na próxima rodada, os catarinenses enfrentam a Ponte Preta, novamente no estádio Heriberto Hulse.