Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Andressa não alcança marca do Pan, mas conquista medalha de bronze

Com a pontuação de 279,90, Andressa Mendes conquistou a medalha de bronze na plataforma individual no Sul-americano Absoluto de Belém. A revelação brasileira dos saltos ornamentais precisou mergulhou cinco vezes para atingir a marca, ficando atrás apenas da venezuelana Maria Betacourt (283,05) e dá colombiana Carolina Murillo (315,55).

‘É a minha primeira vez em Belém e estou muito feliz em conseguir medalhar em meu primeiro Sul-Americano adulto. A pontuação foi boa e me deixou feliz’, declarou a atleta de apenas 14 anos de idade, caçula da delegação brasileira no Pan-americano de Guadalajara, onde anotou 279,95 pontos, ficando na quinta colocação.

Na plataforma sincronizada, o Brasil foi representado pelo jovem Luiz Felipe Outerelo e pelo experiente medalhista pan-americano Cassius Duran, que nunca haviam treinado juntos. Os brasileiros também ficaram na terceira colocação, ao receberem 285,12 pontos. ‘O Luiz é que segurou este time, foi guerreiro. Não podíamos ficar de fora, pois é importante pontuar em todas as provas’, reconheceu Cassius.

Na prova, os colombianos Juan Guillermo Rios e Victor Hugo Ortega subiram no lugar mais alto do pódio, com uma pontuação de 376,29, à frente dos venezuelanos Jesus Dias e Walter Rojas (325,74).

Com o fim das provas do segundo dia de Saltos no Sul-Americano Absoluto de Belém, o Brasil lidera o quadro de medalhas dos saltos com três ouros e dois bronzes. A Colômbia tem duas medalhas de ouro, uma de prata e duas de bronze. Já a Venezuela totaliza quatro pratas.