Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

André revela alívio por gol em estreia no Atlético-MG

Por Da Redação 28 jul 2011, 11h16

Por AE

Ipatinga – O atacante André encerrou um jejum de 13 meses, na última quarta-feira à noite, em Ipatinga, ao fazer o gol da vitória do Atlético-MG sobre o Fluminense, por 1 a 0, pela 12.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador não balançava as redes desde junho de 2010, quando ainda defendia o Santos, e voltou a marcar justamente em seu jogo de estreia pelo time comandado por Dorival Júnior.

“Fico feliz por ter feito esse gol, que tirou um peso das minhas costas e das costas do grupo também. Nosso grupo é unido, é bom e vai superar esse momento difícil. Então, fico feliz por ter entrado, feito o gol e ajudado o grupo”, disse o atacante, que marcou seu gol apenas sete minutos depois de entrar em campo, substituindo Jônatas Obina.

André, porém, evitou a euforia após estrear bem no Atlético-MG, até pelo fato de que chegou ao clube depois de frustrantes passagens por Dínamo de Kiev, da Ucrânia, e Bordeaux, da França, dentro de um período de apenas um ano.

“É só um começo de trabalho”, enfatizou o atacante, seguindo a mesma linha de raciocínio de Dorival Júnior, que ressaltou que o novo reforço do Atlético-MG ainda luta para adquirir a condição física e técnica ideal. “Foi bom. A entrada dele foi importante, mas ele está, ainda, aquém da sua melhor condição. Vai ter que trabalhar muito para que busque estar plenamente recuperado e em condições de nos ajudar mais”, avaliou.

O treinador também cobrou evolução da equipe na continuidade do Campeonato Brasileiro, no qual o time ganhou novo fôlego ao assumir a 13.ª posição com a vitória sobre o Fluminense. “Traz uma tranquilidade teórica, momentânea, apenas isso. Nossa situação ainda é incômoda e temos que recuperar pontos importantes que foram deixados para trás. Então, é necessário manter essa postura se a gente quiser brigar por alguma cosa”, disse Dorival, antes de declarar que o Atlético-MG precisa “melhorar acentuadamente para que voltemos a ter uma boa regularidade”.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês