Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

André exalta raça brasileira em virada sobre Argentina

A diferença de quatro gols no marcador na vitória do Brasil sobre a Argentina por 7 a 3 pode não demonstrar a dificuldade que a Seleção enfrentou para conquistar sua segunda vitória na Copa América de futebol de areia, em Rio Quente. A equipe nacional chegou a estar perdendo por 3 a 1 no segundo tempo de partida e precisou lutar para virar o marcador, fato destacado pelo atacante André, que foi às redes duas vezes no jogo.

O primeiro gol do artilheiro da última Copa do Mundo foi importante para a vitória brasileira. Ele foi o responsável pelo terceiro tento do Brasil, que empatou o jogo após os argentinos abrirem 3 a 1. O atacante voltou a comemorar quando cobrou falta e fez o quinto da Seleção.

‘A gente só tem certeza que vai lutar, tentar até o final. Não tem mistério, é defender a Seleção, jogar pelo País, com o maior prazer. Nós somos abençoados por poder fazer isso e vamos sempre lutar até o fim para vencer’, afirmou André, camisa 9 da Seleção e autor de cinco gols na Copa América.

Nos minutos finais de jogo, com a vitória já nas mãos do Brasil, a torcida passou a gritar ‘olé’ e provocar os jogadores argentinos a cada erro em quadra. Irritados, alguns responderam às críticas com entradas ríspidas e divididas fortes, nada que incomodasse os atletas da Seleção. ‘Brasil e Argentina é sempre assim, brigado, disputado, mas não tem nada demais’, minimizou o atacante.

A vitória do Brasil neste sábado credenciou a equipe a lutar pelo título da competição continental, disputada no interior de Goiás. Com triunfos nas duas partidas que realizou, o time enfrenta neste domingo o México, que também está invicto na competição, após vencer a Argentina na estreia e passar pelos Estados Unidos na decisão por pênaltis.