Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ana Marcela Cunha conquista tetracampeonato mundial de maratona aquática

Brasileira garantiu a medalha de bronze nos 10km da etapa de Chun'an, na China, e assegurou matematicamente mais um título do Circuito Mundial da Fina

Na madrugada deste domingo, Ana Marcela Cunha se consagrou como tetracampeã mundial de Maratonas Aquáticas. Na etapa de Chun’an, na China, a penúltima da competição, a brasileira ficou com a medalha de bronze nos 10km, chegou aos 96 pontos e não pode mais ser ultrapassada na última prova, que acontece em Abu Dhabi. Assim, assegurou matematicamente mais um título do Circuito Mundial da Fina.

Ana Marcela não fica com o tetra apenas se não comparecer a etapa nos Emirados Árabes. Pelo regulamento, a brasileira só precisa largar na última etapa para sacramentar o título que já venceu em 2010, 2012 e 2014.

“Estou muito feliz. Mais uma conquista, sem dúvida, muito importante na vida e na carreira. Este bom resultado mostra que estamos no caminho certo e vamos seguir com este planejamento até os Jogos Olímpicos, em 2020”, festejou a atleta baiana.

Na etapa da China, a vencedora foi a dona da casa Xin Xin, que terminou o percurso em 2h06m22s. A segunda colocada foi a alemã Antônia Beck com o tempo de 2h06m23s4c. Ana Marcela bateu praticamente junto com a adversária, apenas com um centésimo de diferença (2h06m23s5c).

“Foi uma prova muito disputada, do começo ao fim. Nas duas primeiras voltas nadamos praticamente todas no mesmo ritmo. Intensificou mesmo na terceira volta quando formamos um pelotão das cinco primeiras colocadas e aumentamos bem o ritmo. Na última volta, foi que demos o sprint final e a prova foi decidida na batida de mão. Mais do que o pódio valeu mesmo ter saído daqui com a missão cumprida e o título garantido”, explicou Ana Marcela.

“Agora é só ir para a última etapa, em Abu Dhabi, apenas com a obrigação cair na água. Mas é lógico, que quem me conhece sabe, que vou brigar mais uma vez para estar no pódio e fechar a temporada com chave de ouro”, completou.

(Com Gazeta Press)