Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Amistoso do Milan é suspenso após ofensas racistas

Torcida do Pro Patria, da quarta divisão italiana, entoa cânticos contra jogadores de origem africana

O Milan não conseguiu finalizar seu primeiro jogo do ano, nesta quinta-feira. O amistoso com o Pro Patria, na cidade italiana de Busto Arsizio, foi suspenso no primeiro tempo por causa de manifestações racistas da torcida local, direcionadas aos jogadores do Milan de origem africana Kevin-Prince Boateng, Urby Emanuelson, Sulley Muntari e M’Baye Niang.

Revoltado, o meia Boateng chutou a bola em direção à torcida. Na sequência, tirou a camisa e abandonou o gramado, sendo seguido pelos companheiros. O cronômetro marcava apenas 26 minutos de jogo.

Leia mais:

Pato e Robinho pediram para deixar o Milan

Flamengo desiste de contratar Robinho

Leia mais:

Milan termina o ano de 2012 em baixa

VEJA Esporte no Facebook

VEJA Esporte no Twitter

No amistoso, Allegri não relacionou nem Robinho nem Alexandre Pato, este último perto de acertar seu retorno ao Brasil, para jogar no Corinthians. Robinho tem remotas chances de voltar ao futebol brasileiro nesta janela de transferências. Veja o lance que irritou Boateng

(Com Estadão Conteúdo)