Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Americana ganha de Ourinhos e fica com o Sul-Americano de basquete feminino

Quito, 5 mai (EFE).- Em uma final brasileira, o Americana venceu neste sábado o Ourinhos por 82 a 67 e ficou com o título do XVI Campeonato Sul-Americano feminino de basquete.

Ourinhos teve que se conformar com a medalha de prata, enquanto o clube equatoriano da Universidade Tecnológica Equinoccial (UTE) ficou com o bronze.

Na final, o Americana superou durante toda a partida o Ourinhos, que teve complicações na hora de converter e de parar o ataque rival, sobretudo Karla da Costa, escolhida a melhor jogadora do torneio.

Karla também ficou com o troféu de melhor cestinha de dois e três pontos, pois foi quase perfeita de fora do garrafão.

‘O jogo coletivo, a intensidade e a qualidade, unidas à aplicação de um sistema tático eficiente foram essenciais para conseguir vencer na final o Ourinhos e durante todo o torneio’, assegurou à Agência Efe o técnico do Americana, Zanon.

O técnico também disse que suas jogadoras se sentiram à vontade durante todo o torneio, apesar da altitude de Quito, 2.850 metros, e isso se notou durante o último jogo, onde estiveram soltas, alegres e motivadas.

Antonio Carlos Barbosa, técnico do Ourinhos, admitiu que Americana foi ‘a melhor’ equipe durante todo o torneio e que por isso ficou com o título de forma invicta.

O campeonato feminino em Quito foi organizado pela UTE e contou com o aval da Federação Internacional de Basquete-América (FIBA). EFE

fa/ma