Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

América-MG supera Caldense, assume liderança e quebra tabu

A torcida americana que prestigiou o time neste sábado, na Arena do Jacaré, saiu do estádio feliz pela vitória conquistada por 2 a 0 em cima da Caldense. Com o triunfo, o Coelho chega à liderança do Campeonato Mineiro, com seis pontos, e quebra um tabu de oito anos sem vencer os dois primeiros jogos do Estadual.

O primeiro gol do América-MG foi anotado pelo zagueiro Gabriel, que aproveitou cobrança de escanteio pela direita e desviou para as redes do experiente goleiro Glaysson. Já o segundo surgiu de jogada individual do jovem Kaio, que teve tranquilidade para concluir a jogada.

Na sequência do Campeonato Mineiro, o América-MG vai encarar o Nacional, caçula do Estadual. O duelo acontece somente no dia 22 deste mês, em Nova Serrana. Já a Caldense, volta a atuar na Arena do Jacaré no próximo sábado, medindo forças contra o Atlético-MG.

O jogo: Mesmo atuando fora de casa e com um único atacante de oficio, a Caldense não se intimidou e começou a partida equilibrando as ações com o América-MG. Com muitos erros de passe, o Coelho encontrou dificuldade para penetrar na defesa do time de Poços de Caldas, concentrando o jogo no meio-campo.

Com isso, as principais chances da partida surgiam de lances de bola parada. Desta forma, o América-MG chegou ao ataque aos 12, com Rodriguinho, que cobrou falta colocada, mas o goleiro Glaysson fez boa intervenção mandando para escanteio. Apesar da chance, o técnico Givanildo demonstrou insatisfação com o time americano, e durante boa parte do jogo esbravejou à beira do gramado.

As reclamações do treinador surtiram efeito aos 24, quando o América-MG conseguiu tramar boa jogada ofensiva, que terminou com a cabeçada de Fábio Júnior e a defesa do goleiro da Caldense. A partir deste lance, o jogo ganhou em movimentação, mas o equilíbrio das ações ainda prevaleceu até o fim do primeiro tempo.

Aos 30, Luizinho tentou surpreender Neneca em chute cruzado da entrada da área, o arqueiro americano teve dificuldades, mas conseguiu fazer a defesa. Antes do intervalo, Givanildo Oliveira perdeu a paciência com o América-MG e sacou Alessandro para a entrada de Adeílson, em busca de mais velocidade no ataque.

O resultado não demorou a aparecer. Aos 40, depois de cobrança de escanteio pela direita, o zagueiro Gabriel conseguiu fazer o desvio e abriu o placar na Arena do Jacaré. Mesmo sem apresentar um bom futebol, o Coelho foi para o vestiário em vantagem.

A etapa complementar apresentou uma movimentação mais intensa das duas equipes, com o América-MG criando algumas oportunidades, mas pecando muito na hora de concluir as jogadas. Aos oito minutos, Rodriguinho arriscou arremate de longa distância, mas o chute saiu fraco para a defesa de Glaysson.

A resposta da Veterana de Poços de Caldas veio aos 11, com o lateral Rodrigo Dias, que chegou à linha de fundo e cruzou para área, mas os atacantes da Caldense chegaram atrasados na jogada e desperdiçaram a chance do empate. Aos 15, Fábio Paulista perdeu outra oportunidade clara de igualar o placar.

Aos poucos, a Caldense começou a pressionar o América-MG, e a situação do Coelho ficou complicada quando o volante Moisés foi expulso, deixando os donos da casa em desvantagem numérica. Mas, aos 29, o jovem Kaio conseguiu tirar o time americano do sufoco com uma jogada individual, que terminou com o segundo gol do América-MG, dando números finais ao jogo.