Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

América-MG e Goiás empatam e decisão da vaga será no Serra Dourada

Os poucos torcedores que prestigiaram o jogo de ida da Copa do Brasil entre América-MG e Goiás, nesta quarta-feira, na Arena do Jacaré, viram uma partida bastante movimentada, que terminou com um empate sem gols. Como o time Esmeraldino não conseguiu fazer a diferença de dois gols necessária para eliminar o segundo jogo, a decisão da vaga fica para a próxima semana, em Goiânia.

Novo empate em 0 a 0 leva a decisão para as cobranças de pênaltis, se ocorrer igualdade no placar mais com gols, o classificado será o América-MG. Vitória para qualquer um dos lados significa vaga para enfrentar o vencedor do duelo entre Penarol e Atlético-MG, que ainda não fizeram o jogo de ida.

O jogo de volta entre América-MG e Goiás está marcado para a próxima quarta-feira, às 21h50, no estádio Serra Dourada, em Goiânia. Mas antes as duas equipes voltam às atenções para os respectivos campeonatos Estaduais. O Coelho terá compromisso contra o Uberaba, no Triângulo Mineiro, enquanto o time Esmeraldino vai encarar o Morrinhos.

O jogo – O Goiás iniciou a partida com mais volume de jogo ofensivo, tentando as investidas principalmente pelo lado esquerdo, enquanto o América-MG, mesmo atuando em casa, adotou uma postura mais cautelosa, buscando as jogadas de contra-ataque no começo do jogo. Com o passar do tempo, este cenário começou a mudar um pouco, mas ainda com domínio Esmeraldino das ações.

Errando muitos passes, o Coelho encontrou dificuldades na saída de bola, o que obrigou os defensores a tentarem a ligação direta para os atacantes em várias ocasiões. A primeira boa chance de marcar surgiu para os visitantes com Ricardo Goulart, que aos dez minutos, tentou um toque por cobertura, mas Neneca atento conseguiu fazer a defesa.

A resposta americana veio aos 16, com o avante Alessandro, que recebeu excelente lançamento e finalizou na saída do goleiro Harlei, que trabalhou bem para fazer a defesa e salvar a equipe goiana. O lance motivou o Coelho, que passou a adiantar as linhas de marcação e melhorou no jogo. Aos 27, outra oportunidade com Alessandro, que mandou um petardo da entrada da área e quase abriu o placar.

Sentindo o bom momento, o torcedor do América-MG, que compareceu em pequeno número na Arena do Jacaré, começou a apoiar a equipe, que passou a agredir o Goiás com mais afinco. Porém, foi dos visitantes a oportunidade mais clara do primeiro tempo, quando aos 44, Thiago Humberto bateu forte para o gol e o zagueiro Gabriel salvou em cima da linha.

Na volta para a etapa complementar, o Goiás demonstrou muita vontade, principalmente com o lateral-esquerdo Egidio, que atuou com liberdade, fazendo bons cruzamentos. Insatisfeito com a postura da equipe em campo, o técnico Givanildo Oliveira esbravejou bastante com seus comandados, e usou as substituições para mudar o time, com as entradas de Patrick e Kaká.

Mesmo com as mudanças, o Coelho permitiu que os Esmeraldinos gostassem do jogo, pressionando os donos da casa, que acuados demoraram a acordar no segundo tempo. Isso só ocorreu após os 20 minutos, quando o Coelho começou a esboçar reação, tentando reequilibrar a partida, mas encontrando dificuldades na boa marcação dos goianos.

Aos 25, a primeira chance concreta de gol do América-MG foi desperdiçada pelo avante Fábio Júnior, que recebeu assistência de Kaio, mas Marinho conseguiu antecipar a jogada e aliviou o perigo mandando para escanteio. Após este lance, o jogo caiu de ritmo drasticamente, com os dois times terminando a partida devendo futebol.