Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Alonso se diz motivado e não descarta vitória em Interlagos

São Paulo, 24 nov (EFE).- O espanhol Fernando Alonso, piloto da Ferrari, afirmou nesta quinta-feira que está motivado para disputar o Grande Prêmio do Brasil, a última prova do mundial de Fórmula 1, que será realizada no próximo domingo, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

Embora o título já seja do alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, Alonso não descarta uma vitória. ‘A motivação é grande. Apesar da vitória não ser prioridade, ninguém gosta de perder. Sempre pensamos em vencer quando colocamos o capacete’, declarou.

Em terceiro lugar na classificação geral, o companheiro de equipe do brasileiro Felipe Massa reconhece que tem ‘poucas chances’ de alcançar o vice-campeonato, já que o inglês Jenson Button, da McLaren, chega à última prova da temporada com dez pontos de vantagem (255 a 245).

No entanto, Alonso também manifestou seu desejo de vencer pela primeira vez em São Paulo, onde já se consagrou campeão mundial em 2005 e 2006, quando era piloto da Renault.

Para superar Button – que possui mais vitórias na temporada, principal critério de desempate -, Alonso teria que alcançar 11 pontos de vantagem sobre o piloto britânico, uma missão muito complicada.

‘Em pista seca, é impossível tirar dez pontos de vantagem de Button. Mas, em corridas estranhas, como a de São Paulo, com chuva e saídas de pista, tudo pode acontecer’, afirmou.

Apesar da falta de resultados nesta temporada, Alonso confia que 2012 será ‘um ano mais feliz’. ‘Toda a equipe está pensando há muito tempo no ano que vem’, completou.

Em relação à possível aposentadoria de Rubinho Barrichello, que pode ter feito seu último ano na Williams, Alonso opinou: ‘Ele fez grandes coisas e é um dos melhores pilotos brasileiros dos últimos anos. Espero que siga correndo’.

Já sobre a frustrada tentativa de contratação do atacante brasileiro Neymar por parte do Real Madrid, Alonso comentou que a equipe espanhola ‘está forte sem ele’. EFE