Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Alonso admite surpresa e dedica pole a compatriota De Villota

O espanhol Fernando Alonso quebrou um jejum da Ferrari de 31 provas da Fórmula 1 sem largar da pole position, neste sábado, mas não esperava ser o primeiro colocado do grid do Grande Prêmio da Inglaterra da categoria. Líder do último treino livre em Silverstone, disputado em pista seca, ele não sabia se seu carro teria bom ritmo também com o asfalto molhado, condição em que a tomada de tempos foi disputada.

O treino classificatório na Inglaterra ficou 1h30min paralisado durante o Q2 por conta da forte chuva que atingiu o circuito na manhã deste sábado. Quando as atividades foram retomadas, a pista estava mais seca e o espanholaproveitou as chances que teve para andar rápido na parte final da sessão e garantiu a pole position com 0s047 de vantagem para o australiano Mark Webber.

‘A pole foi uma surpresa porque em condições como essa você nunca sabe o que pode acontecer. De manhã, no seco, o carro estava muito bom, mas no molhado poderia ser diferente, apesar de o F2012 ter mostrado que não é ruim na chuva, se você pensar da corrida na Malásia ou no teste em Mugello’, disse o espanhol, fazendo menção a sua primeira vitória na temporada da F-1, em Sepang, prova marcada também pela forte chuva.

‘Hoje você precisava estar no lugar certo na hora certa e com o pneu certo para ter sucesso. E para isso você precisa de um pouco de sorte. A pole de hoje é importante, mesmo que conquistada em condições não usuais. Ainda precisamos de uma no seco para podermos dizer que acabamos com a diferença para o melhor carro’, analisou.

O piloto espanhol ainda fez questão de dedicar o resultado do treino classificatório a sua compatriota Maria de Villota, vítima de um acidente grave na terça-feira. A terceira pilota da Marussia realizava um teste aerodinâmico com o carro do time, quando bateu em um caminhão e foi levada em estado crítico ao hospital.

Ela já passou por duas cirurgias, perdeu o olho direito por conta dos ferimentos, e segue em estado grave, porém estável.

‘Quero dedicar essa pole a Maria de Villota, que está passando por um momento particularmente difícil. Estamos todos tristes esses dias e nossos pensamentos estão com ela e sua família’, afirmou Alonso. &emsp