Clique e assine a partir de 9,90/mês

Alguersuari pode assumir vaga de reserva na Mercedes, afirma jornal

Por Da Redação - 31 jan 2012, 09h54

Um dos candidatos a ficar com um vaga na Toro Rosso, o espanhol Jaime Alguersuari foi mais um dos pilotos a ficar sem a titularidade na Fórmula 1 depois do anunciou de Daniel Ricciardo e Jean-Éric Vergne na escuderia italiana. No entanto, Alguersuari ainda pode aparecer na maior categoria do automobilismo como reserva da Mercedes. As informações são do portal espanhol AS.

A ida do piloto de 21 anos para a Mercedes envolve um fator político. A petrolífera espanhola Cepsa, patrocinadora da Toro Rosso, ficou insatisfeita com a saída de Alguersuari e ela faz parte do grupo de investimento Ipic, que controla a empresa de Abu Dhabi, Aabar. Essa empresa dos Emirados Árabes Unidos detém 30% das ações da Mercedes e deve favorecer a ida de Jaime Alguersuari para a equipe de Michael Schumacher e Nico Rosberg.

O reserva da Mercedes na última temporada da Fórmula 1 foi o britânico Sam Bird, atualmente na GP2. Foi o inglês o responsável por conduzir o carro da Mercedes no circuito de Marina de Yas, em Abu Dhabi, durante os testes para novatos, no final do ano passado.

Outro fator que pode incentivar a chegada de Jaime Alguersuari na Mercedes é a possível saída da petrolífera malaia Petronas, principal patrocinadora da escuderia. A empresa de petróleo já abandonou a MotoGP, onde patrocinava a Yamaha, e rumores na imprensa europeia dão conta que ela também pode deixar a Fórmula 1 em breve.

Publicidade