Clique e assine a partir de 8,90/mês

Algoritmo aponta Senna como o piloto mais rápido da F1

Estudo levou em conta dados dos últimos 40 anos e colocou o brasileiro à frente de Michael Schumacher e Lewis Hamilton

Por Da Redação - Atualizado em 18 ago 2020, 15h08 - Publicado em 18 ago 2020, 14h21

Quem é o piloto mais rápido de todos os tempos? Um estudo divulgado nesta terça-feira, 18, pela Fórmula 1 reacendeu o debate e apontou o brasileiro Ayrton Senna, tricampeão mundial, no topo do ranking, à frente do alemão Michael Schumacher e do britânico Lewis Hamilton.

A Amazon Web Services (AWS), empresa responsável pelos gráficos da transmissão da principal categoria do automobilismo, coletou dados dos treinos classificatórios desde 1983 para criar um algoritmo com base em técnicas de “machine learning”,  um processo em que o computador reconhece padrões com mais velocidade e precisão.

A elaboração do ranking que compara o desempenho dos pilotos em relação a seus companheiros durou cerca de um ano para ser concluída. Senna, que morreu em 1994 em um acidente em Ímola, garantiu a pole position do estudo, 0s114 a frente do heptcampeão Schumacher e a 0s275 do hexacampeão Hamilton.

Ayrton Senna somou 65 pole positions em 11 temporadas de Fórmula 1. O ídolo brasileiro só foi superado por Schumacher (68, em 19 temporadas) e pelo recordista Hamilton, que tem 92 poles em 14 anos.

A pesquisa que abrange as últimas quatro décadas é composto, em sua maioria, por pilotos da atualidade. O holandês Max Verstappen é o quarto e Fernando Alonso o quinto. Charles Leclerc, Sebastian Vettel, Nico Hulkenberg, Valtteri Bottas, Carlos Sainz, Lando Norris e Daniel Ricciardo também fazem parte do Top 20.

Continua após a publicidade

Dois nomes presentes no top 10 geraram surpresa e críticas dos fãs da F1: o finlandês Heikki Kovalainen, oitavo colocado, e o italiano, Jarno Trulli, que somam, respectivamente, uma e quatro poles em suas carreiras. Por outro lado, o tricampeão Nelson Piquet foi apenas o 40º colocado.

A lista conta com outros brasileiros: Rubens Barrichello, em 11º, Felipe Massa em 21º, Nelsinho Piquet em 53º, Enrique Berboldi em 86º, Felipe Nasr em 90º e Roberto Pupo Moreno em 96º. O período histórico exclui lendas da categoria, como Juan Manuel Fangio, Jim Clark, Jackie Stewart, Nikki Lauda e o brasileiro Emerson Fittipaldi.

Os pilotos mais rápidos da F1:

1 – Ayrton Senna

2 – Michael Schumacher (+0.114s)
3 – Lewis Hamilton (+0.275s)
4 – Max Verstappen (+0.280s)
5 – Fernando Alonso (+0.309s)
6 – Nico Rosberg (+0.374s)
7 – Charles Leclerc (+0.376s)
8 – Heikki Kovalainen (+0.378s)
9 -Jarno Trulli (+0.409s)
10 – Sebastian Vettel (+0.435s)
11 – Rubens Barrichello (+0.445s)
12 – Nico Hulkenberg (+0.456s)
13 – Valtteri Bottas (+0.457s)
14 – Carlos Sainz (+0.457s)
15 – Lando Norris (+0.459s)
16 – Daniel Ricciardo (+0.461s)
17 – Jenson Button (+0.462s)
18 – Robert Kubica (+0.463s)
19 – Giancarlo Fisichella (+0.469s)
20 – Alain Prost (+0.514s)

Continua após a publicidade
Publicidade