Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Alex diz que deixaria Adriano bater pênalti na estreia

Por Da Redação - 6 out 2011, 18h50

Por Fábio Hecico

São Paulo – Cobrador oficial de pênalti no Corinthians, o meia Alex afirmou nesta quinta-feira que faria o mesmo que o goleiro Rogério Ceni, do São Paulo, e abriria mão de sua função em eventual penalidade na partida de domingo, contra o Atlético-GO, para que Adriano pudesse coroar sua estreia com gol.

Na quarta, o goleiro são-paulino cedeu espaço para o astro Luís Fabiano ter a chance de marcar seu primeiro gol em seu retorno ao time. O atacante, porém, desperdiçou a oportunidade e o São Paulo deixou o campo com um empate por 3 a 3 com o Cruzeiro, em Sete Lagoas.

A chance perdida, contudo, não preocupa Alex. “Se acontecesse [um pênalti], acho que teria a mesma atitude. Um gol dá confiança para o atacante. Parece ser simples, mas quando faz dá um alívio. Quanto antes ele marcar, melhor”, comentou o meia.

Publicidade

Um dos armadores do time, Alex revelou que o time deverá mudar seu estilo de jogo quando Adriano entrar em campo no domingo – ele só deverá pisar no gramado no segundo tempo.

“Vai ser o homem de referência. Mas não podemos jogar a responsabilidade em cima dele. Temos um potencial e temos que saber utilizá-lo”.

Alex alertou ainda para que a entrada de Adriano no time não gere ciúmes entre os companheiros. “Alguém vai sobrar, não tem lugar para todo mundo. Esse abacaxi bom fica para o Tite, até porque o time vem na crescente e todos estão em boa fase. Não podemos deixar a vaidade pessoal atrapalhar”.

Para o meia, Adriano deverá seguir os passos de Ronaldo no clube. “Isso é totalmente possível. Ele está acostumado com o nome do Ronaldo, não sei porque não foi escolhido o melhor do mundo. Tem total capacidade de fazer muitos gols aqui”.

Publicidade