Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Alemanha é surpreendida e perde amistoso para a Suíça por 5 a 3

Um dos times favoritos para o título da Eurocopa deste ano começou muito mal sua preparação. Neste sábado, quem foi à Basileia ver a Alemanha acabou acompanhando uma grande partida de Derdiyok, atacante suíço responsável por três gols de sua seleção na vitória por 5 a 3 sobre os germânicos em amistoso preparatório para a Euro.

O atacante do Bayer Leverkusen foi fundamental para o surpreendente triunfo. Logo no primeiro tempo, balançou as redes aos 21 e aos 23 minutos. Hummels descontou para o time comandado por Joachim Low aos 43, mas, aos cinco da etapa final, Derdiyok fez mais um. Os alemães diminuíram com Schurrle e Reus, aos 19 e aos 32, mas os suíços já tinham garantido com Lichtsteiner, aos 22, e Mehmedi, aos 37.

A Alemanha está no grupo B da Eurocopa, que será disputada na Ucrânia e na Polônia, e estreia em 9 de junho contra Portugal, na cidade ucraniana de Lviv. Os terceiros colocados das duas últimas Copas do Mundo – e atuais vice-campeões europeus – enfrentarão no dia 13 contra a Holanda e no dia 17 diante da Dinamarca, encerrando a primeira fase. A Suíça nem se classificou para a Eurocopa.

O jogo – Atacante do Bayer Leverkusen, Derdiyok mostrou sua qualidade com dois gols em curto espaço de tempo. O suíço abriu o placar aos 19 minutos e, aos 21, aproveitou passe de Barnetta para ampliar e colocar no marcador surpreendente superioridade imposta por uma equipe que não se classificou para a Euro.

Os alemães só foram mostrar força aos 43, quando Hummels cabeceou para as redes suíças. Depois do intervalo, contudo, o que se viu foi um confronto movimentado com ataques eficientes. E, mais uma vez, foram os suíços, anfitriões do amistoso, que se mostraram mais eficientes.

Logo aos cinco minutos, Derdiyok fez mais um após nova assistência de Barnetta. Aos 17, Joachim Low colocou Podolski em campo e conseguiu descontar em arremate de Schurrle aos 19. Dois minutos mais tarde, contudo, Lichtsteiner aproveitou cruzamento de Inler para manter a vantagem suíça.

Aos 32, Reus deu nova esperança à Alemanha de evitar a derrota e diminui o placar adverso para 4 a 3. Mehmedi, entretanto, sentenciou a inesperada vitória da Suíça aos 37 minutos do segundo tempo. Os germânicos já não tinham mais tempo nem eficiência para reduzir o prejuízo.